Londrina

Polícia prende conselheiro tutelar suspeito de abuso sexual contra menor 

Da Redação ·
Conselheiro tutelar preso por abuso era presidente do Conselho Tutelar na Rua Belém, no centro de Londrina - Foto: Reprodução/RPC
Conselheiro tutelar preso por abuso era presidente do Conselho Tutelar na Rua Belém, no centro de Londrina - Foto: Reprodução/RPC

A denúncia de uma garota de 16 anos resultou nesta semana na prisão preventiva de um conselheiro tutela sob suspeição de abuso sexual contra a menor em Londrina (norte do Paraná).  Segundo a polícia, a menina era atendida pelo servidor público, quando ocorreu o assédio, que teve imagens gravadas e entregues pela adolescente ao Ministério Público (MP).

Na sequência, a Promotoria pediu a prisão preventiva do conselheiro tutelar, que foi decretada pelo Judiciário.José César Ramalho foi detido e levado inicialmente ao 4º Distrito Policial (DP) e depois transferido para a Penitenciária Estadual de Londrina (PEL). De acordo com a denúncia do MP, "o conselheiro teria mudado de comportamento durante o atendimento à menor, pendendo para o lado sexual". 

A Promotoria da Vara da Infância e Juventude não descarta a hipótese de que outras adolescentes possam ter sido vítimas do servidor público. Uma investigação em curso sobre esses casos está sob sigilo. Ele era presidente do Conselho Tutelar na Rua Belém, no centro de Londrina. Na primeira eleição, em 2011, ele foi o segundo candidato mais votado, obtendo 526 votos. Em um novo pleito em 2015, foi reeleito para o cargo. Agora conselheiro foi afastado da função depois de ser preso. A defesa de Ramalho já solicitou a revogação da prisão ao Poder judiciário.

continua após publicidade