Londrina

​Londrina pode conseguir o acesso para a Série B   

Da Redação ·

Londrina Esporte Clube pode conquistar hoje, a partir das 19 horas, no Estádio do Café, em Londrina, o acesso para o Campeonato Brasileiro da Série B. Para conseguir esse objetivo, o Tubarão precisa vencer o Confiança-SE. O jogo neste domingo é válido pela rodada de volta das quartas de final da Série C. Na rodada de ida no Estádio Lourival Batista, em Aracaju-SE, houve empate sem gols. No duelo de hoje, o técnico Cláudio Tencati, do Londrina, mantém o mesmo time que empatou na capital sergipana. O Tubarão jogará com Vitor; Rhuan, Silvio, Luizão e Paulinho; Diogo Roque, Germano, Zé Rafael e Rafael Gava; Bruno Batata e Edmar. 

continua após publicidade

O Confiança deve atuar com Rafael Sandes; Ney Maruim, João Paulo, Valdo e Everton; Richardson, Wallace Pernambucano, Felipe Lima e Elielton; Robinho e Rômulo. Apita o jogo que vale o acesso à Série B, o árbitro aspirante a Fifa, Wagner Reway, do Mato Grosso. Ele será auxiliado  por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP). Reway tem 34 anos e integra o quadro da CBF desde 2004. Em 2015, já apitou partidas da Copa do Brasil e das séries A, B, C e D. O elenco do Londrina sabe da importância da torcida neste momento tão esperado do clube. Em entrevista coletiva realizada no Centro de Treinamento da SM Sports, vários jogadores mencionaram que o apoio da torcida é fundamental neste momento e será um aliado na partida que promete ser histórica.

O goleiro Vitor, ex-Arapongas Esporte Clube, comentou: “o Confiança vai sentir a diferença quando entrar em campo. A torcida com certeza faz toda diferença neste momento”, afirmou. Para exemplificar a força da torcida no andamento da partida vale lembrar do jogo contra o Tupi que valia a liderança do Grupo B. O Tubarão venceu a equipe mineira pelo placar de 3 a 0 e terminou a primeira fase da série C do Campeonato Brasileiro como líder isolado do grupo. Em 2015 em partidas da Série C, o time londrinense está invicto como mandante. Marcou 11 vezes e sofreu cinco gols.