Londrina: Kireeff autoriza construção de novas escolas - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Londrina

Londrina: Kireeff autoriza construção de novas escolas

Novas unidades municipais e Centro Municipal de Educação Infantil irão atender mais de mil crianças da região norte de Londrina - Foto: Vivian Honorato
Foto por
Escrito por DA REDAÇÃO
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O prefeito Alexandre Kireeff anunciou a autorização para a construção de um Escola Municipal e um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) no Residencial Vista Bela e outra Escola Municipal no Residencial Flores do Campo. O investimento soma R$ 11 milhões.

Os recursos financeiros para as obras foram obtidos junto ao Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), do Ministério das Cidades. A partir da assinatura do prefeito, a Secretaria Municipal de Gestão Pública fica autorizada a dar início ao processo de chamamento e seleção de empresas para a construção destes equipamentos públicos. O presidente da Companhia de Habitação de Londrina (Cohab-LD), José Roberto Hoffmann, explicou que os recursos necessários para a construção das unidades educacionais no Vista Bela não estavam previstos no projeto “Minha Casa, Minha Vida 1” e correspondem a 6% do valor total do empreendimento.

Eles foram possíveis devido ao esforço da equipe da Cohab juntamente à equipe técnica do Ministério das Cidades. “É um processo público de seleção que a Prefeitura vai fazer e a Caixa Econômica Federal vai contratar. Este trabalho só existiu porque teve planejamento desde o início da atual gestão. Nós trouxemos o pessoal do Ministério das Cidades, conversamos e mostramos a importância de termos estes equipamentos, e eles incluíram no orçamento a provisão destes recursos”, expliou Hoffmann.   

Compromisso - Durante a solenidade, o prefeito lembrou que era um compromisso seu criar as estruturas físicas necessárias para a população da região norte. “Realmente é um compromisso do nosso governo oferecer ao Vista Bela equipamentos sociais, as infraestruturas públicas necessárias para dar qualidade de vida à população que aqui mora. Ficamos muito felizes em poder assinar estes documentos. Diante das dificuldades, vamos sempre encontrar caminhos para dar continuidade às soluções e trabalharmos em favor da população de Londrina”, disse Kireeff. 

O Centro Municipal de Educação Infantil do Residencial Vista Bela (CMEI) terá oito salas de aula, custará R$ 2 milhões, e terá capacidade para atender 180 crianças de zero a 5 anos de idade. Já para a construção da escola municipal do Vista Bela serão necessários R$ 5,5 milhões, que beneficiarão cerca de 600 alunos, de 6 a 10 anos, matriculados em educação de tempo integral. De acordo com o projeto arquitetônico realizado pela Secretaria Municipal de Educação, a escola terá 20 salas de aula de 10 salas para oficinas. A escola municipal do Residencial Flores do Campo, quando pronta, receberá 300 crianças, de 6 a 10 anos de idade, que estudarão em tempo integral. Ao todo, serão construídas 10 salas de aula e o investimento é de R$ 3,5 milhões.

Tanto esta escola quanto o CMEI serão construídos de acordo com os projetos padrões elaborados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A expectativa do presidente da Cohab é que até o início do próximo ano as obras das escolas comecem a ser construídas. As adequações necessárias nos terrenos escolhidos já estão sendo feitas.   Estiveram presentes na solenidade os vereadores Elza Correia, Lenir de Assis, Sandra Graça, Gustavo Richa, Vilson Bittencourt, Tio Douglas, Junior Santos Rosa e Jamil Janene.  

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Londrina: Kireeff autoriza construção de novas escolas"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Mais Notícias