Pais de aluna e funcionário de colégio de Londrina brigam dentro de escola - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Londrina

Pais de aluna e funcionário de colégio de Londrina brigam dentro de escola

Escrito por Luciane Cordeiro Do G1 PR
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Os pais de uma aluna de 13 anos e um funcionário de um colégio de Londrina, no norte do Paraná, foram levados para o hospital após se envolverem em uma briga dentro da instituição. A confusão no Colégio Estadual Professora Maria José Balzanelo Aguilera ocorreu na tarde desta quarta-feira (8) e terminou na Delegacia da Polícia Civil.Segundo o diretor do colégio Norberto Giacomini, a briga ocorreu durante uma reunião pedagógica entre os pais de uma aluna e colegas de turma da filha do casal.

Há mais de uma semana a escola tenta resolver um conflito entre estudantes da mesma classe, mas não consegue. De acordo com Giacomini, o problema ocorreu após a filha do casal (que estava na reunião) postar uma foto em uma rede social. As colegas não gostaram e passaram a ameaçá-la.

Então o colégio decidiu chamar apenas os pais da menina envolvida para uma conversa. Ao descobrirem a reunião, as colegas da estudante decidiram falar sobre o problema na frente do casal. “As meninas resolveram falar, o pai não aceitou a situação e partiu para cima do meu funcionário”, diz Norberto Giacomini.


O funcionário, um dos pedagogos da escola, revidou e, na confusão, a mãe da aluna caiu e bateu a cabeça no chão. "Como escola, nós temos que mediar e tentar resolver os conflitos externos para podermos trabalhar os conteúdos previstos dentro da sala de aula. Infelizmente, esse caso terminou na delegacia”, lamenta o diretor.Segundo a escola, os pais que se envolveram na confusão desta tarde já haviam participado de reuniões em 30 de junho e 3 de julho.Mediações na escola“Infelizmente, situações que ocorrem fora da escola sempre estouram dentro da sala. 

Os adolescentes não têm noção do perigo ao publicar uma foto, vídeo ou comentário nas redes sociais”,  constata o diretor do Colégio Professora Maria José Balzanelo.Para tentar evitar esse tipo de problema, Giacomini relata que há um ano a escola promoveu uma palestra sobre os perigos de exposição na internet com um perito criminal. 

O especialista conversou com os jovens e mostrou que eles podem ser responsabilizados pelo ato.“Nós conversamos bastante com os estudantes sobre esse assunto, mostramos todos os lados do problema. Mas, sentimos que falta o interesse dos pais. Se os pais não acompanharem o que os filhos estão publicando na internet, essas situações vão se repetir várias vezes. Não adianta só a escola orientar, precisamos que os pais e as mães também se preocupem com os próprios filhos”, desabafa Norberto Giacomini.Nesta quinta-feira (9),  o colégio fará uma reunião com todos os pais das alunas envolvidas na confusão para tentar por um ponto final no problema.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Pais de aluna e funcionário de colégio de Londrina brigam dentro de escola"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.

Mais Notícias