Aglomeração faz prefeitura do Rio aumentar fiscalização em shopping - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Covid-19

Aglomeração faz prefeitura do Rio aumentar fiscalização em shopping

Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A prefeitura do Rio de Janeiro comunicou, em nota, que intensificará nesta sexta-feira (12) a fiscalização em shopping centers da cidade. Ontem (11), no primeiro dia de reabertura de lojas, houve aglomerações e descumprimento das regras estabelecidas pelo município para a retomada das atividades. 

De acordo com a Subsecretaria de Vigilância Sanitária, a fiscalização, iniciada nesta quinta-feira, inclui a interdição de lojas por aglomeração e a aplicação de multas aos estabelecimentos. As ações contam também com equipes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), Guarda Municipal e Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano, da Fazenda.

Segundo o órgão, o Norte Shopping, localizado na zona norte do Rio, foi multado por não higienizar com frequência as superfícies dos ambientes e teve três lojas de eletrodomésticos fechadas por aglomeração. Cada uma delas foi multada em R$ 13 mil, valor da infração gravíssima. A multa foi também aplicada à administração do Bangu Shopping, na zona oeste, e a quatro lojas do estabelecimento, pelo mesmo motivo. 

z população pode denunciar pontos de superlotação e outras irregularidades pela Central 1746.

Retomada antecipada

A reabertura das lojas estava prevista apenas para próxima semana, mas a prefeitura decidiu antecipar a retomada. Um dos motivos é o Dia dos Namorados, comemorado hoje (12).

Pelas regras municipais, os shopping centers só podem receber 30% da capacidade de frequentadores e funcionar de 12h às 20h. Até a última quarta-feira (10), somente bares e restaurantes desses estabelecimentos podiam abrir desde que servissem refeições apenas nos sistemas drive thru, para viagem e entregas. 

Para voltar a funcionar, os shopping centers devem seguir as regras de ouro estabelecidas pela prefeitura para todos os setores da economia, além de normas específicas . Uma delas é a medição de temperatura dos frequentadores na entrada dos estabelecimentos. O uso de máscaras pelos colaboradores e clientes é obrigatório e o distanciamento social recomendado é de 2 metros.

Continuam impedidas de funcionar quaisquer pontos de lazer dos shopping centers, como lounges, áreas de jogos e espaços de recreação para crianças. Os centros comerciais também não podem oferecer serviços de manobrista, nem aluguel de carrinhos para crianças, e deverão manter as portas abertas, para aumentar a circulação de ar.

Entre outras exigências, os estabelecimentos precisam apresentar à prefeitura documentos que comprovem a limpeza dos aparelhos de ar condicionado e dutos de ar.

Até ontem, a cidade do Rio de Janeiro registrava 40.017 casos confirmados do novo coronavírus e 4.850 mortes por covid-19, doença causada pelo vírus. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro. Em todo o estado, são 7.363 óbitos e 75.775 casos confirmados.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Aglomeração faz prefeitura do Rio aumentar fiscalização em shopping"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.