Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Conferências discutem guerras culturais

.

FERNANDO ITOKAZU

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A 12ª edição do ciclo de conferências do Fronteiras do Pensamento acontece de maio a novembro, em São Paulo e Porto Alegre, e apresenta como mote "O Mundo em Desacordo: Democracia e Guerras Culturais".

Para tratar do tema, foram convidados pensadores de diferentes áreas, como o médico e escritor indiano-americano Siddhartha Mukherjee, o escritor espanhol Javier Cercas e o filósofo e psicólogo Joshua Greene.

"O Fronteiras sempre busca um tema que se proponha a debater uma indagação contemporânea", afirmou o curador do evento, Fernando Schüler. "Com uma grande diversidade de opiniões, com n pontos de vista, não temos a pretensão de simplesmente facilitar o debate ou chegar a uma conclusão."

Nesta edição, a organização divulgou que vai adotar formatos diferentes, nos quais serão apresentados posicionamentos polêmicos para gerar debate, convidando o público a repensar a necessidade do diálogo.

O conceito de aldeia global nos leva, segundo o curador do Fronteiras, à ilusão de que todos estamos em contato, mas ao mesmo tempo tornou árido o debate público.

"O surgimento de novos temas, novos atores é muito positivo, mas acaba sendo mais um fator para fragmentar esse novo universo político e cultural na democracia contemporânea", disse Schüler.

Nesse universo ,a dificuldade de produzir o consenso é muito maior, o que acaba provocando o acirramento das guerras culturais.

Mesmo em um mundo integrado, a empatia é um conceito que continua restrito. "Colocamos o 'nós' na frente do 'eu', mas também o 'nós' contra 'eles'", diz o curador, que cita o conceito da tragédia da moralidade do senso comum, de Joshua Greene.

Schüler diz que o projeto pretende discutir a democracia e as guerras culturais por diferentes ângulos, passando por genética, literatura, arte, política e mercado.

Ele afirma que o Fronteiras não tem a pretensão de ser um evento voltado para especialistas ou acadêmicos.

"Não tenho problema de chamar o evento de entretenimento. Queremos oferecer ao público a oportunidade de saborear a arte de ouvir", disse. "Nesse sentido, não devemos renunciar o conceito de prazer e deleite na cultura."

Os ingressos serão vendidos apenas em pacotes para os oito encontros da temporada de 2018. Mais informações no site www.fronteiras.com.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber