Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Casos de febre amarela chegam a 326 em SP; mutirão vacina só 54,2% 

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os casos de febre amarela no estado de São Paulo já chegam a 326 desde o ano passado, sendo que 116 levaram a óbito, segundo balanço da Secretaria Estadual de Saúde, divulgado nesta sexta-feira (9). Os dois números correspondem a um aumento de quase 14% em relação aos dados da semana passada. 

Ao todo, 45 cidades paulistas já registraram casos da doença no período, sendo que apenas duas são responsáveis por quase 60% dos casos. Mairiporã lidera, com 141 casos e 39 mortes, seguida por Atibaia, com 52 casos e 14 mortes. A capital paulista contabiliza oito registros da doença, tendo quatro deles evoluído a óbito. 

Já a campanha emergencial de vacinação, iniciada em 25 de janeiro, evoluiu pouco desde a última semana e imunizou apenas 54,2% do público-alvo. O mutirão já foi prorrogado duas vezes e deve ser encerrado na próxima sexta (16). As regiões com menor cobertura são a Baixada Santista (41,9%) e o Grande ABC (46,3%). 

A capital paulista, que tem 25 distritos na campanha, teve até agora cobertura de 67,5%. Alguns postos chegaram a mudar de estratégia para atrair a população, usando postos móveis de vacinação, cartazes e até megafones para chamar os moradores. 

O Ministério da Saúde apontou a desconfiança dos profissionais de saúde como uma das possíveis causas para a baixa adesão à campanha emergencial que acontece em São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia com a vacina fracionada -cuja dose representa um quinto da dose integral.

Para a pasta, há desconhecimento dos médicos sobre o fracionamento e, por isso, será feita uma campanha com envio de carta a médicos do país para informar sobre a eficácia e duração da dose menor da vacina. No país, os casos da doença chegam a 846 desde julho de 2017 e as mortes somam 260. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber