Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Murakami faz mescla de policial metafísico com existencialismo

.

JOCA REINERS TERRON

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - “Crônica do Pássaro de Corda” foi publicado em entregas numa revista japonesa de 1994 a 1995. É o mais emblemático romance de Haruki Murakami.

A mescla de policial metafísico com existencialismo de obras anteriores dá liga, resultando na fórmula singular que o autor se encarregaria de diluir nos livros seguintes.

O mote faz lembrar o de “Tantalia”, conto de Macedonio Fernández no qual um casal atribui a uma plantinha a responsabilidade de sua felicidade futura: se o trevo murchar, o amor fará o mesmo.

Mas na história de Murakami, o papel de talismã cabe a um gato desaparecido que Toru Okada, desempregado, é obrigado a procurar enquanto sua mulher, Kumiko, permanece no trabalho.

Toru sai de casa atrás do bichano e começa a aventura, que termina por explorar o mal disseminado na sociedade japonesa a partir dos traumas causados pela derrota na Segunda Guerra.

Murakami não fecha seus enredos. Parece mais interessado em abri-los, na verdade, esparramando subtramas misteriosas que mantém o leitor em suspensão, preso ao labirinto narrativo.

Uma delas, a história do primeiro-tenente Mamiya,cuja ação se passa na fronteira Manchúria- Mongólia em 1937, está entre as melhores páginas do escritor.

Em posição contrária ao senso comum de que a boa ficção continua na cabeça do leitor lê por meio de reflexões ou inquietações morais, dos romances de Murakami sobram imagens borradas semelhantes às que nos restam dos sonhos ao acordarmos.

O autor disse que escreve ao despertar, como se prosseguisse a atividade onírica da noite. O resultado é a impossibilidade de traduzir em resenhas o impacto da obra. É como se ao tentarmos traduzi-la em outras palavras que não as que o compõem, determinássemos sua destruição. “Crônica” é um livro que não se conclui, ou que nunca chega a ser plenamente desvendado, esta sim a qualidade incontornável das melhores obras literárias. Vale dizer, de um clássico contemporâneo que já deveria ter sido traduzido há mais tempo.

CRÔNICA DO PÁSSARO DE CORDA

Autor: Haruki Murakami

Tradução: Eunice Suenaga

Editora: Alfaguara

Quanto: R$ 69,90 (768 págs.)

Avaliação: ótimo

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber