Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Geral

Ex-chavista, líder opositor decide concorrer na eleição presidencial

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O dirigente opositor venezuelano Henri Falcón, 56, apresentou nesta terça (26) sua candidatura à Presidência, contrariando o consenso da coalizão Mesa da Unidade Democrática (MUD) de boicotar o pleito de 22 de abril, em que Nicolás Maduro busca se reeleger.

Governador do Estado de Lara entre 2008 e 2017, Henri Falcón é militar da reserva e foi chavista até 2010, quando, em carta, criticou o presidente Hugo Chávez (1954-2013) pela centralização excessiva.

Dois anos depois, fundou o partido Avanço Progressista (centro-esquerda) e juntou-se à MUD, sendo o chefe de campanha de Henrique Capriles na eleição presidencial de 2012, vencida por Chávez.

Além de Falcón e Maduro, haviam se inscrito até a conclusão desta edição o pastor Javier Bertucci e o engenheiro Reinaldo Quijada. O prazo terminava à 0h (1h em Brasília).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber