Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Ex-prefeito de Caracas diz que oposição não disputará eleição

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A oposição não irá registrar um candidato para a eleição presidencial do dia 22 de abril na Venezuela, disse o ex-prefeito de Caracas, atualmente no exílio, classificando a votação como uma armadilha preparada pelo ditador Nicolás Maduro.

Antonio Ledezma, detido sob prisão domiciliar em 2015, por supostamente planejar um golpe de Estado, antes de escapar para a Colômbia em novembro, pediu uma investigação da ONU sobre violações de direitos humanos na Venezuela e o envio de mais ajuda humanitária para o país.

Críticos e oposicionistas dizem que a eleição é uma farsa, com os principais adversários de Maduro proibidos de concorrer e um órgão eleitoral submisso destinado a decidir a favor do partido governista. Maduro nega que o sistema seja antidemocrático.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber