Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Espírito Santo e DF já tiveram pedidos negados

.

EDGAR SILVA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro é a primeira do país desde 1988, quando foi promulgada a Constituição. Outros governos já solicitaram a mesma medida, mas foram negados.

No Espírito Santo, a explosão dos índices de violência registrados em 2002 fizeram a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) formular a intervenção federal, acatada pelo então ministro da Justiça, Miguel Reale Júnior.

Na ocasião, o então procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, anunciou o arquivamento do pedido alegando falta de viabilidade jurídica e política. A decisão levou Reale Júnior a pedir demissão do ministério.

Oito anos depois foi a vez do Distrito Federal. O ex-procurador-geral Roberto Gurgel foi quem fez a solicitação, após crise a partir da Operação Caixa de Pandora, da PF -foi negado pelo STF.

O Pará também solicitou intervenção em 1989 para combater a violência, mas igualmente não teve seu pedido atendido.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber