Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

São Sebastião e Ilhabela decretam estado de emergência após chuvas

.

CAROLINA LINHARES

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - As cidades de Ilhabela e São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, decretaram estado de emergência após fortes chuvas desde quarta-feira (14).

Nesta quinta-feira (15), a Prefeitura de São Sebastião informou que serão necessários mais de R$ 50 milhões para recuperar os estragos na cidade. A própria sede da prefeitura foi atingida e interditada.

Funcionários da prefeitura trabalham na limpeza do local, que está sem energia elétrica e com o atendimento ao público interrompido. Além de setores administrativos, o gabinete do prefeito foi inundado.

Nas últimas 24 horas, choveu 265 milímetros na cidade, superando o volume de 260 milímetros esperado para o mês de fevereiro.

Segundo a Defesa Civil, 80 pessoas de 25 famílias estão alojadas na Escola Municipal da Topolândia. A prefeitura arrecada água potável, alimentos, lençóis, toalhas e produtos de limpeza e higiene.

As escolas municipais de São Sebastião manterão as aulas suspensas nesta sexta-feira (16), mas estarão abertas para receber famílias e alunos em caso de necessidade. Oito unidades escolares foram inundadas.

A empresa responsável pelo transporte escolar informou que enfrenta problemas nos deslocamentos devido a deslizamentos de encostas e alagamentos.

Em Ilhabela, choveu 220 mm em 24 horas -volume esperado apara todo o mês. Houve queda de árvores, muros e barreiras, mas já não há pontos de alagamento na cidade.

Cerca de 20 pessoas que estavam em áreas de alagamento e risco foram levadas para a Escola de Vela Lars Grael.

Na região, as cidades de Caraguatatuba e Ubatuba também foram atingidas. Desde quarta, há cerca de 12 famílias abrigadas em um centro esportivo de Caraguatatuba.

Em Ubatuba, nenhuma casa foi alagada, mas 16 bairros registraram índice de chuva acima do estado de atenção nas últimas 72 horas. Uma árvore caiu no km 10 da rodovia Rio-Santos.

NORDESTE

Regiões do Nordeste também registraram chuva intensa nos últimos dias. Em Parnamirim, na região metropolitana de Natal, duas lagoas alagaram, mas o nível da água já baixou.

Segundo a Defesa Civil, a chuva parou nesta quinta e o entorno das lagoas está sendo limpo. A situação de alerta, no entanto, se mantém no município.

A chuva totalizou 183 milímetros em dois dias, o dobro do esperado para todo o mês.

Uma cratera foi aberta nesta quarta na rodovia RN-404, que liga as cidades de Areia Branca e Porto do Mangue.

O Ceará também registrou chuvas acima de 100 milímetros nos últimos dois dias. Um hospital em Nova Russas (CE) foi inundado.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber