Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Jorge Ben Jor lança em clipe novo single nesta quarta-feira

.

RAFAEL GREGORIO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - "Sim, continuo apaixonado... Eu canto a alegria e o amor e um poeta deve sempre estar apaixonado."

Quem o diz é Jorge Ben Jor, e tanto sentimento de fato transborda dos versos de "São Valentin", canção inédita que o compositor carioca lança nesta quarta (14).

Há muito tempo sem lançar gravações —seu último álbum de estúdio foi "Recuerdos de Asunción 443", de 2007— e notoriamente avesso a dar entrevistas, Ben Jor respondeu a algumas perguntas da reportagem, por e-mail.

A música homenageia são Valentim, cujo nome batiza o Dia dos Namorados em vários países do mundo, celebrado a 14 de fevereiro.

Apresentada em um videoclipe dirigido por Andrucha Waddington, "São Valentin" tem a letra inspirada, segundo Ben Jor, em um poema de Jorge de Lima (1893-1953) —o poeta, médico e político alagoano conhecido por "Invenção de Orfeu" (1952).

O clipe da canção estará disponível, inicialmente, na Claro Música —não é preciso ser cliente da operadora para ter acesso gratuito, por uma semana, à plataforma. O músico ainda negocia a execução do single em outros serviços de streaming.

VOLTA AOS 1970

Um dos pilares da música popular brasileira desde a estreia com o lendário "Samba Esquema Novo", em 1963, Jorge Ben —que desde 1989 incorporou o Jor ao nome— parece retomar, na nova canção, temas e sonoridades de sua mais venerada fase, aquela dos anos 1970, de discos como "Tábua de Esmeraldas".

A guitarra distorcida na abertura introduz uma sincopada sequência de três acordes que se repetem em elevações e reduções de dinâmica —aos modos da mescla de gêneros pela qual se notabilizou o artista, por muitos definida como "samba rock".

Da descrição, contudo, o artista sempre discordou —ele prefere, em suas palavras, fazer um "Som Universal" (assim, em caixas altas) e falar das coisas de que gosta, "que às vezes podem ser uma filosofia complicada, quase que hermética".

A canção prossegue em versos sobre uma "menina" que o eu lírico da canção quer "encontrar e abraçar e abraçar e encontrar".

São repetições de vocábulos e sons que se tornaram marca registrada na poesia idiossincrática, quase lúdica, do autor de pérolas como "Por Causa de Você, Menina".

"Você é meu amor porque você é o meu amor/ Mesmo que você não seja o meu amor, você vai ser sempre o meu amor/ Você está aqui quando não está aqui/ E quando está aqui, está aqui duas vezes/ Uma vez no meu coração e na outra vez também."

"Gosto muito de recitar Jorge de Lima quando me reúno com a turma do Corujão da Poesia", diz Ben Jor, referindo-se ao evento, um sarau no Rio de Janeiro do qual ele foi durante muitos anos padrinho e mestre de cerimônias.

Segundo o cantor, o escritor alagoano lhe foi apresentado por uma professora do primário, "que fazia brincadeiras com o fato de a gente ter o mesmo nome".

NOVO DISCO A CAMINHO?

Ben Jor vê uma continuidade do novo single com seu sua produção anterior.

"O som que faço nessa música é o som que venho desenvolvendo na estrada com a Banda do Zé Pretinho", diz Ben Jor, citando o grupo que o acompanha desde o álbum homônimo, de 1978.

O grupo o escuda na movimentada agenda de shows que o mantém ocupado, independentemente do lançamento de trabalhos inéditos.

"Gosto muito da energia dos shows. Sigo correndo pelo país, animando a festa."

Mas que isso não desanime quem estiver saudoso de novidades: "Estou sempre compondo. Talvez tenha mais novidade por aí daqui a pouco".




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber