Mais lidas
Geral

X-9 volta para a elite do Carnaval de SP com desfile competente

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Nem sempre o que brilha é prata, mas a luz levada pela X-9 Paulistana ao Anhembi na noite de ontem surpreendeu a arquibancada e credenciou a escola a uma boa colocação na apuração de terça-feira. A agremiação da zona norte, que voltou do Acesso neste ano, divertiu o público com um enredo que exaltou os ditados populares.

O grande destaque da escola foi um abre-alas gigantesco, com uma imagem divina soltando fumaça pela boca, representando o sopro do Criador. Pelo dom da comunicação, ele fez o mundo.

O carro tinha crianças representando pequenas flores em um jardim, representando o "X" e o "9", dando vida ao nome da escola.

Mais de 6.000 escamas recobriram os dragões do segundo carro alegórico, também muito luxuoso. O revestimento, de acetato, refletiu as luzes do sambódromo com beleza e sofisticação. A alegoria trouxe também um buda gigantesco, alertando, também por meio de um ditado, que "quem tem olho grande não vai à China", advertência contra a inveja.

A bateria também fez a arquibancada "sentir a pulsação do ziriguidum", num clima de "um por todos e todos por um", com os componentes de mosqueteiros. O público sambou com gosto.

"Estou tremendo até agora. Adrenalina a mil. Saiu tudo como o planejado. Não tivemos erros. Agora é esperar pelos resultados", afirmou o mestre de bateria Fabio Américo, 42.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber