Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Bloqueios impedem passagem de foliões por ruas da Vila Madalena

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os planos de pós-Carnaval de alguns foliões acabaram frustrados na noite deste sábado (10) por bloqueios montados pela prefeitura e pela Polícia Militar em ruas da Vila Madalena, zona oeste de São Paulo.

A radialista Ana Carolina da Motta, 28, e o produtor de TV Jaime Rodrigues, 41, aproveitaram os blocos de Pinheiros e Vila Madalena até por volta das 22h30, quando decidiram terminar a noite no bar Quitandinha, na esquina das ruas Aspicuelta e Fidalga, uma das mais mais movimentadas do bairro. Foram impedidos.

As grades isolavam desde o fim da tarde o miolo da Vila Madalena, que costumeiramente atrai foliões no Carnaval. O quadrilátero isolado é compreendido pelas ruas Inácio Pereira da Rocha, Wizard, Girassol e Mourato Coelho.

Atrás de grades, seguranças particulares da organização do Carnaval paulistano exigiam comprovante de residência de quem quisesse passar. Só passavam pela barreira quem conseguisse comprovar ser morador do quadrilátero isolado.

A reportagem viu um morador tirar o boleto de uma conta de dentro da pochete e mostrar a um segurança antes de passar pelo bloqueio.

Segundo os seguranças, os bloqueios foram colocados por volta das 17h deste sábado. E desde então, passaram a ser permitidas apenas a saída do público comum.

Uma outra foliona, que não quis se identificar, chegou a ir até o 14º DP (Pinheiros) para registrar um boletim de ocorrência, após ser sido barrada, por volta das 20h30, na rua Fidalga. Ela no entanto, desistiu do registro por conta do grande movimento que encontrou na delegacia.

Um funcionário da Dream Factory explicou para foliões que a expectativa era de término dos bloqueios às 22h, mas que a Polícia Militar teria pedido que o isolamento permanecesse por mais tempo, para que o público que ainda está na região fosse embora.

O funcionário da Dream Factory diz que esse modelo não é novidade. Semana passada também foram montados bloqueios. O pedido atenderia uma liminar conseguida pelo Ministério Público.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber