Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Tribunal Internacional investiga presidente filipino por crimes contra a humanidade

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente filipino, Rodrigo Duterte, é investigado pelo Tribunal Penal Internacional, sediado em Haia, na Holanda, por crimes contra a humanidade supostamente cometidos durante a sua campanha de combate às drogas, uma das principais bandeiras do seu governo.

A investigação preliminar foi comunicada ao governo das Filipinas, que divulgou a informação nesta quarta-feira (8) -logo confirmada pelo próprio tribunal.

Os números oficiais mostram que aproximadamente 4 mil pessoas foram mortas no país pela polícia desde que o filipino chegou ao poder, em junho de 2016.

Ativistas de direitos humanos, que falam em um número ainda maior, acusam Duterte de estimular os assassinatos e tentar impedir as investigações de execuções feitas por policiais a traficantes e usuários de drogas.

As forças de segurança rebatem as acusações argumentando que as mortes ocorreram em decorrência de tiroteios contra traficantes em operações policiais.

O governo das Filipinas classificou a investigação como um "desperdício do tempo e dos recursos do tribunal".

O tribunal, criado em 1998 para julgar pessoas acusadas de genocídio, crime de guerra e crime contra a humanidade, só age quando a Justiça do país da pessoa acusada é omissa no caso.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber