Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Rogerio Flausino se emociona em dueto com youtuber Mari Nolasco

.

CRIS VERONEZ

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Ela tem 19 anos. Ele, 45. Ela é uma das vozes mais queridas do YouTube, com 3,5 milhões de seguidores. Ele é vocalista de uma das maiores bandas de rock nacional há mais de duas décadas.

A youtuber Mari Nolasco e o cantor Rogerio Flausino fizeram um dueto no palco do YouTube Space, no Rio, na noite desta terça (6), que deixou o veterano visivelmente emocionado. Foi a primeira vez que a música "Só Hoje" foi interpretada oficialmente por uma mulher. “A Mari tem uma voz muito suave, peculiar. Eu sempre quis escutar 'Só Hoje' cantada por uma mulher. E ela foi a primeira que fez isso. Ficou bonito demais”, disse o vocalista do Jota Quest, à reportagem.

O número faz parte do projeto "Jota Quest Collab by Roland”, uma parceria entre o YouTube e a fabricante de instrumentos musicais Roland. Os youtubers Mari Nolasco, Mussa, Jão e Gabriel Elias escolheram, cada um, uma canção do Jota Quest, para fazer uma releitura.

Já ao Jota Quest caberia gravar a nova versão de suas próprias canções, agora sob a perspectiva de cada youtuber. "Cada versão foi feita sem nenhum tipo de interferência da banda. Quando ouvimos, pensamos: cara, isso está muito legal. A partir da primeira versão, pensamos em como ajudar e colaborar", explicou Flausino.

O paulistano Jão, 23, lembra do nervosismo que sentiu antes de conhecer o grupo Jota Quest pessoalmente. Ele cantou "Amor Maior", a pedido da mãe. "Estava muito nervoso e com a expectativa de chegar lá e ficar meio de canto, mas eles [a banda] abraçaram totalmente o projeto, queriam saber o que a gente estava pensando para a música, o que queríamos fazer. Foi realmente uma colaboração."

"Jão colocou na música umas camadas eletrônicas, que é o estilo que ele gosta de trabalhar. A nossa versão era mais orgânica. A música dele veio com uma coisa espacial totalmente diferente", disse Flausino.

Satisfeito com a releitura de "O Vento", cantada por Gabriel Elias, o veterano afirmou que a música “deveria ser um reggae”, pois a nova versão “pegou total”. Aos 24 anos, o youtuber mineiro afirma que ouve as músicas da banda desde criança, e que sua família costumava se reunir para cantá-las no karaokê.

"Lembro que eu sempre cantava 'O Vento', porque era a música que eu sempre tirava nota boa. Era um momento de família", conta Elias. Ele também revela seu maior desafio no projeto: “Mexer numa coisa que é um hit, que tem quase 20 anos de sucesso, é uma responsabilidade grande. Mas é legal porque já tinha a ver com reggae. A música fala de mar, de natureza."

A releitura de "Na Moral" ficou por conta do rapper Mussoumano, 27, que "completou" a música com mais alguns versos para conseguir fazer o rap. "Fui obrigado a escrever um pouco para completar a música. Fiquei com receio, mas eles falaram para eu fazer o que quisesse. Tentei entender a essência, estudei e comecei a escrever algo que era a visão da música na minha perspectiva."

A banda aprovou o trabalho do florianopolitano. "O papo dessa letra é sério. Fala do brasileiro que está sempre tentando se virar no meio das dificuldades. Ele captou isso", avaliou Flausino.

Com 25 anos de carreira, os integrantes do Jota Quest são unânimes ao dizerem que, desde 1993, quando o grupo foi formado, as mudanças mais radicais que sofreram foi no âmbito digital. Flausino cita o que, em sua opinião, foi uma das principais mudanças na trajetória das bandas de sua geração.

"As gravadoras pararam de ganhar dinheiro e consequentemente deixaram de contratar e investir. Não só a galera nova ficou totalmente órfã, quanto a mais antiga ficou sem investimento. E aí, como faz? Aprender a usar as ferramentas. Temos que ficar em dia com isso."

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber