Mais lidas
Geral

Céline Dion diz que aperta as 'mãos do marido', morto há dois anos, antes de shows

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Céline Dion, 49, revelou um ritual inusitado que pratica antes de seus shows. A cantora afirmou que aperta uma réplica de bronze das mãos de seu marido, René Angélil, que morreu em 2016 por conta de um câncer na garganta.

"Eu aperto a mão de meu marido e bato com ela na madeira todas as noites, antes de cada apresentação. Mesmo que ele se foi, eu ainda falo com ele", disse ela à revista "Stellar".

O produtor, empresário e marido de Dion morreu aos 73 anos. Ele lutava contra o câncer desde 1998. Após mais de 30 anos cuidando da carreira de Céline, Angélil se afastou em 2014 devido à doença.

Dion contou também que o marido, com quem foi casada por 21 anos, hipotecou a casa dele para pagar por seu primeiro álbum.

"Ele me deu tudo. Antes de partir, ele quis se certificar de que eu estaria bem. Estou tentando provar todos os dias que estou bem. Nossos filhos estão crescendo. Me sinto forte. Estamos bem", afirmou.

Nos anos 80, Angélil descobriu a cantora, ainda adolescente, e apostou tudo na carreira dela. Os dois se casaram em 1994 e tiveram três filhos, René-Charles, 15, e os gêmeos Eddy e Nelson, 5.    




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber