Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Confronto de polícia e traficantes em Angra dos Reis fez nove mortos nesta semana

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mais dois suspeitos de envolvimento com o crime organizado foram mortos nesta sexta (2), em Angra dos Reis, no sul fluminense, durante troca de tiros entre traficantes e equipes do Bope (Batalhão de Operações Especiais), aumentando para nove o número de mortos em confronto com a polícia. O município vive uma guerra de facções criminosas que espalha pânico na população. Além disso, vários moradores foram expulsos de casa pelo tráfico. As informações são da Agência Brasil.

Desde o início da semana, tropas do Bope, do Batalhão de Choque e do Batalhão de Ações com Cães estão na cidade para terminar com a disputa entre facções rivais que lutam pelo controle dos pontos de venda de drogas no município. O prefeito Fernando Jordão esteve na terça-feira (30) na sede da Secretaria de Segurança Pública, pedindo reforço de equipes para atuar em Angra dos Reis.

Segundo a PM informou, em nota, equipes do Bope em patrulhamento na comunidade do Frade, foram recebidas a tiros e houve confronto. Após cessar a situação, continuaram fazendo buscas na área, encontrando dois suspeitos feridos com duas pistolas, munições e cápsulas de pó branco. Os feridos foram levados para o Hospital de Praia Brava, mas não resistiram aos ferimentos.

Os outros confrontos ocorreram na terça-feira (30), quando agentes do Bope e do Batalhão de Choque voltaram a trocar tiros com traficantes no bairro do Belém. Cinco pessoas morreram e foram apreendidos dois fuzis e grande quantidade de drogas. No dia seguinte, quarta-feira (31), houve nova troca de tiros em confronto entre policiais e traficantes no bairro Camorim Grande. Duas pessoas suspeitas de envolvimento com o crime também morreram.

O primeiro tiroteio ocorreu há uma semana, quando traficantes do Comando Vermelho (CV) e Terceiro Comando Puro (TCP) passaram a disputar o domínio dos pontos de venda de drogas, no bairro Sapinhatuba 3. Moradores protestarem contra a falta de segurança no local e interditaram a BR-101 (Rodovia Rio-Santos), atravessando um ônibus na pista. No domingo (28), mais um tiroteio foi registrado. Desta vez no Parque Belém, onde traficantes do CV expulsaram os rivais do TCP, além de moradores do bairro.

A Prefeitura de Angra dos Reis decidiu adiar para a próxima segunda-feira (5), o início do ano letivo previsto para ontem (1º) em algumas áreas do município. A medida foi exclusiva para os bairros Campo Belo, Parque Belém e Camorim Grande, devido à onda de violência.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber