Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Presidente tcheco Zeman é reeleito com mensagem contra imigração

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente tcheco Milos Zeman conquistou neste sábado (27) um segundo mandato de cinco anos, ganhando o apoio de eleitores por sua posição firme contra a imigração e sua corte a Rússia e China.

Na disputa contra Jiri Dahos, 68, um acadêmico fortemente pró-União Europeia, Zeman angariou 51,4% dos votos, contra 48,6% do adversário.

Zeman, 73, é a última figura proeminente entre os políticos do período de transição pós-comunismo da década de 1990. Se há 16 anos era um primeiro-ministro de centro-esquerda, mostrou em seu primeiro quinquênio na Presidência inclinações à direita radical.

A votação mostrou a preocupação de eleitores locais com a segurança, apesar da fase atual de rápido crescimento econômico e salários crescentes. A imigração foi o assunto principal da campanha, mais de dois anos após a União Europeia enfrentar pela primeira vez um grande fluxo de refugiados —dos quais pouquíssimos foram parar na República Tcheca.

Desde que assumiu o comando do país, Zeman tem usado uma retórica fortemente pró-Rússia e advogado pelo estreitamento dos laços tchecos com a China. Seu discurso também se caracteriza pelo teor anti-islâmico e, como já dito, anti-imigração -ele já chamou a onda imigratória de invasão organizada e afirmou que o islã é incompatível com a cultura europeia.

Em 2016, o presidente foi um dos poucos entusiastas europeus da candidatura de Donald Trump à Casa Branca. Durante seu primeiro mandato, também propôs um referendo sobre a permanência do país na União Europeia.

ATRIBUIÇÕES

Uma das maiores atribuições de um presidente tcheco é a de escolher um primeiro-ministro passada a eleição geral -ele também nomeia os integrantes do conselho do banco central e da Corte Constitucional.

Poucos dias antes do segundo turno, o premiê Andrej Babis, correligionário de Zeman, renunciou à chefia de governo. Ele não havia conseguido obter uma moção de aprovação do Parlamento.

O agora presidente reeleito pediu que Babis reconsiderasse a decisão e se submetesse novamente a um voto de confiança do Legislativo.

Zeman é o terceiro presidente do jovem país, sucedendo a Vaclav Havel e Vaclav Klaus. A República Tcheca foi criada em 1993, a partir da divisão da antiga Tchecoslováquia.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber