Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Erupção de vulcão em estação de esqui no Japão deixa morto e feridos

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pelo menos uma pessoa morreu e outras 11 ficaram feridas após um vulcão entrar em erupção no centro do Japão, seguido de uma avalanche em uma região próxima a estações de esqui.

A maior parte dos feridos foi atingida pelas pedras que voaram do vulcão. Segundo o Ministério de Defesa japonês, todas as 12 pessoas foram resgatadas com vida, mas uma morreu a caminho do hospital -outras duas estão em estado grave.

Uma pessoa chegou a ficar soterrada pela avalanche antes de ser resgatada. A identidade dos envolvidos não foi divulgada.

O órgão disse ainda que sete dos atingidos são membros da Força de Defesa Terrestre que participavam de um treinamento na região no momento da erupção.

O vulcão Kusatsu-Shirane tem 2.160 metros e entrou em erupção na manhã de terça (23) no Japão. A Agência Meteorológica do país alertou que o vulcão pode voltar a expelir pedras de até 20 centímetros a uma distância de dois quilômetros e pediu que as pessoas evitem o local.

Localizado a cerca de 150 quilômetros de Tóquio, o local abriga resorts voltados para a práticas de esqui. Muitas pessoas estavam nas gôndolas que carregam os turistas montanha acima no momento que as pedras começaram a voar.

"Houve uma grande explosão e depois uma grande pilha de fumaça negra apareceu", disse um esquiador, que não se identificou, ao canal de TV local "NHK".

Muitos esquiadores ficaram meia hora presos nas gôndolas, já que a energia foi cortada. Um grupo de 80 pessoas, incluindo estrangeiros, que estava no topo de uma montanha teve que ser resgatado de helicóptero.

FILIPINAS

Além do Japão, um vulcão também entrou em erupção nas Filipinas na segunda-feira (22) e obrigou o fechamento de uma aeroporto e a retirada de parte dos moradores.

Segundo o governo da província de Albay, onde fica o vulcão, 40 mil pessoas já procuraram abrigos para escapar da erupção do Mayon (320 quilômetros ao sul de Manila), que tem 2.462 metros de altura e é o mais ativo do país.

O governo emitiu um alerta para os moradores que vivem a até nove quilômetros do vulcão a deixarem suas casas e os voos do aeroporto de Legazpi, em Albay, foi fechado temporariamente devido as cinzas no céu.

De acordo com o governo, ainda não há registros de mortos ou feridos.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber