Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Prêmios em sindicatos engrossam chances de indicações para o Oscar

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de um Globo de Ouro, alguns prêmios de críticos e de sindicatos, surge finalmente o momento mais aguardado antes da premiação do Oscar: as indicações do Oscar, que acontecem nesta terça (25), às 11h20.

Laureados em premiações neste fim de semana, "A Forma da Água" e "Três Anúncios para um Crime" ganharam mais força na contenda.

Dirigido por Guillermo del Toro, "A Forma da Água" faturou neste domingo (21) o PGA Awards, prêmio do Sindicato dos Produtores.

Fantasia com grande riqueza técnica, característica do cinema de Del Toro, como em "O Labirinto do Fauno", "A Forma" pode ser o campeão de indicações no Oscar, com chances de emplacar em categorias como figurino, direção de arte, trilha sonora, som, fotografia etc.

Vencer o PGA, no entanto, não significa certeza de sucesso no Oscar. Os últimos dois vencedores, por exemplo, foram "La La Land" e "A Grande Aposta", derrotados respectivamente por "Moonlight" e "Spotlight: Segredos Revelados".

SAG AWARDS

Já "Três Anúncios para um Crime" foi o vencedor do SAG Awards, prêmio concedido pelo Sindicato dos Atores. Como no Globo de Ouro, Frances McDormand e Sam Rockwell saíram com as estatuetas de melhor atriz e ator coadjuvante, respectivamente, e se credenciaram como favoritos ao troféu da Academia --o filme também levou o prêmio de melhor elenco.

Outros atores que repetiram a performance do Globo de Ouro foram Gary Oldman, melhor ator por "O Destino de uma Nação", e a carismática Allison Janney, do seriado "Mom", que venceu como atriz coadjuvante por seu papel em "Eu, Tonya".

Na parte de televisão, algumas surpresas: o festejado "The Handmaid's Tale" ficou de mãos abanando. Entre as séries dramáticas, a vencedora de melhor elenco foi "This Is Us", que também rendeu a Sterling K. Brown o prêmio de melhor ator. Entre as atrizes, Elizabeth Moss, de "Handmaid's", foi derrotada por Claire Foy, a rainha Elizabeth de "The Crown".

"Veep", que não foi renovada, pode ter vencido seu último troféu como melhor elenco de série cômica.

Já nas categorias reservadas às minisséries, nada de novo: "Big Little Lies" ganhou o prêmio principal, além de ter rendido, de novo, prêmios para Nicole Kidman e Alexander Skarsgard.

FRAMBOESA DE OURO

Bem longe da tensão e do figurino de gala de premiações como o Oscar, o Framboesa de Ouro também listou seus indicados, que concorrem como os piores de 2017.

E, a exemplo de seu antecessor, a sequência "Cinquenta Tons Mais Escuros" pode ser o grande vencedor (ou perdedor) do dia. Além de pior filme, ele concorre como pior atriz (Dakota Johnson) e ator (Jamie Dornan).

No entanto, nenhuma categoria supera em originalidade a de "pior combinação na tela". Aqui, "Cinquenta Tons" concorre com "Qualquer combinação de dois personagens, dois brinquedos de sexo ou duas posições sexuais". Para vencer, precisará superar "Johnny Depp e sua atuação como bêbado no filme 'Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar'".

Para sair com a "framboesa" principal, "Cinquenta Tons" terá de derrubar outros concorrentes de peso: "A Múmia", "Baywatch", "Emoji - O Filme" e "Transformers: O Último Cavaleiro".

Jennifer Lawrence foi a principal surpresa entre as piores listas. A atriz, que acumula quatro indicações ao Oscar nos últimos sete anos -incluindo uma estatueta por "O Lado Bom da Vida"-, foi lembrada por seu "notável" desempenho em "Mãe!".

Diretor do filme, Darren Aronofsky também foi agraciado com uma indicação. Javier Bardem, do último "Pirata" e de "Mãe!" mereceu indicação como ator coadjuvante.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber