Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

'Os Iniciados' opõe tensão amorosa e costume tribal

.

INÁCIO ARAUJO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Não é fácil aproximar-se de "Os Iniciados".

Estamos na África do Sul, numa localidade onde se preserva antigo costume tribal de circuncidar jovens adolescentes como sinal de entrada na maturidade. Um grupo deles vai para a região de montanhas, acompanhados pelos chamados cuidadores, que se ocuparão seja da cicatrização da ferida deixada pela operação (feita meio a seca, na mata mesmo), seja da evolução pessoal dos rapazes.

Entre esses garotos, um se mostra revoltado com o ritual e suas decorrências. Afinal, seu pai foi para Johanesburgo, ele cresceu na cidade grande, é hostilizado pelos demais iniciados que o veem como o riquinho da cidade etc.

Entramos, então, no segundo capítulo. O jovem descobre que seu curador, Xolani, tem um relacionamento homossexual com Vija, outro curador. Vija, por sinal, leva vida dupla —é casado, inclusive— e vive a relação com Xolani de maneira angustiada e, não raro, contraditória.

Estamos na melhor parte do filme, em que se desenvolvem as tensões entre os três personagens centrais; tensões não raro cruzadas.

Mas é também ali que se desenvolve uma relação amorosa gay bem sensível: consegue não só filmar bem as relações sexuais (o que é raro), como trabalhar as tensões entre os dois homens: Xilani dependente de Vija, que por sua vez pretende manter sua opção oculta.

Vamos então ao mais problemático: se já não é fácil penetrar nesse universo tribal tão particular, nessa permanência tradicional num país moderno (falo do costume de iniciação), esse esforço, digamos, etnológico, ainda é dificultado pela opção do diretor John Trengove de usar com frequência até abusiva uma câmera na mão trepidante até o ponto em que isso tende a se tornar irritante (ou um risco para a retina?).

Entende-se que o terreno era instável, que as condições de produção não deviam ser as melhores, mas, caramba, a câmera fixa também é um recurso usável. É por aí que se notam os limites de "Os Iniciados", cuja virtude central está no tratamento adulto e sem afetações (a favor ou contra) da condição gay: é o que torna essa estreia do diretor sul-africano um evento promissor.

OS INICIADOS (THE WOUND)

Direção: John Trengove

Elenco: Nakhane Touré, Bongile Mantsai, Niza Jay Ncoyini

Produção: África Do Sul, Alemanha, França, Holanda, 2017, 16 anos

Avaliação: regular

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber