Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Ex-estrategista de Trump é intimado a depor sobre interferência russa

.

ESTELITA HASS CARAZZAI

WASHINGTON, EUA (FOLHAPRESS) - O ex-estrategista-chefe da Casa Branca Steve Bannon foi intimado pelo FBI a depor na investigação que apura a influência russa nas eleições de 2016 e na campanha do presidente Donald Trump, informou nesta terça (16) o jornal "The New York Times".

Bannon foi notificado na semana passada pelo procurador Robert Mueller, responsável pelo inquérito.

A notícia volta a aproximar a investigação do presidente Trump, que nega ter feito conluio com a Rússia. As suspeitas são de que informantes ligados ao Kremlin passaram informações comprometedoras sobre a democrata Hillary Clinton à equipe do republicano, buscando influenciar o resultado da eleição.

A investigação do FBI, que já resultou no indiciamento de dois ex-membros da campanha, continua em andamento. O vínculo com os russos não foi demonstrado.

Líder da ala da direita conhecida como "alt-right" (ligada a movimentos supremacistas e nacionalistas), Bannon ajudou a cunhar o bordão "América em Primeiro Lugar" e, na Casa Branca, foi um dos responsáveis por medidas como o veto a viajantes de países islâmicos.

Ele deixou o governo em agosto, em meio ao incômodo causado por sua permanência após os protestos supremacistas em Charlottesville. Mais recentemente, rompeu com o presidente, após a divulgação de críticas ao republicano feitas por ele em um livro sobre Trump.

A citação de Bannon pelo FBI determina que ele deponha a um júri, em data a ser definida. Mas, segundo o "NYT", a medida pode ser só tática de negociação —se ele concordar em dar informações mais informalmente, o júri será cancelado.

A notícia vem à tona no mesmo dia em que Bannon falou à Comissão de Inteligência da Câmara, que também investiga o suposto conluio com os russos. O depoimento desta terça foi sigiloso, e Bannon não falou à imprensa na sequência. A Casa Branca também não fez comentários sobre o assunto.

Recentemente, Bannon afirmou que considera a investigação do FBI "uma caça às bruxas".

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber