Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Grifes e revista banem Testino e Weber após denúncias de assédio

.

PEDRO DINIZ, COLUNISTA DA FOLHA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de o fotógrafo Terry Richardson, 52, ser banido das principais publicações de moda e de campanhas de grifes por supostamente ter assediado modelos, o peruano Mario Testino, 63, e o americano Bruce Weber, 71, também acusados de assédio sexual, receberam o mesmo tratamento.

Após relatos publicados pelo jornal "The New York Times" apontarem abusos cometidos pelos fotógrafos, a editora americana Condé Nast, dona de revistas como "Vogue" e "Vanity Fair", e as grifes Burberry, Michael Kors, Ralph Lauren e Stuart Weitzman anunciaram em comunicados que não irão mais contratar os profissionais para campanhas publicitárias.

Em carta publicada no site da "Vogue", a editora-chefe da publicação, Anna Wintour, se mostrou abalada com as acusações contra seus "amigos pessoais".

Ainda que acredite "fortemente no valor do remorso e do perdão", escreveu, ela afirma que leva as alegações a sério e decidiu, junto à direção do título, colocar as relações de trabalho "em modo de espera para o futuro próximo".

Wintour também lançou um código de conduta para as sessões de fotos das revistas do grupo como forma de coibir abusos. Entre as normas está a de que nenhum modelo pode ter menos de 18 anos, a não ser que seja objeto de perfil, e que fotos provocativas, nus e ensaios de lingerie ou roupas de banho devem ser acordadas com a editora.

A reportagem do "NYT", veiculada no último sábado (13), conta que pelo menos 13 modelos afirmam terem sido apalpados nos genitais ou sofrido abusos psicológicos em sessões comandadas pelos fotógrafos, dois dos mais influentes da indústria da moda.

Sem dar entrevistas, ambos negaram envolvimento íntimo ou conduta inapropriada com os modelos, entre eles Ryan Locke, Robyn Sinclair e Terron Wood. Os três trabalharam para grifes como Abercrombie & Fitch, Ralph Lauren, Calvin Klein e Gucci.

Tabloides europeus especulam que a Rainha Elizabeth 2ª também tenha cortado relações com Testino, de quem a família real é próxima -ele é contratado como uma espécie de fotógrafo oficial. O Palácio de Kensington ainda não emitiu nota sobre o episódio.

Segundo o portal "WWD", nos bastidores da temporada de moda masculina, que ocorre em Milão e seguirá para Paris ainda nesta semana, comenta-se que novos casos de assédio sexual na indústria fashion logo virão à tona.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber