Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Festival de Berlim anuncia coprodução entre Brasil e Paraguai na competição

.

GUILHERME GENESTRETI

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Tradicional mostra de cinema, o Festival de Berlim anunciou nesta segunda-feira (15) mais uma leva de filmes que farão parte da competição pelo Urso de Ouro.

O Brasil está representado com "Las Herederas" (as herdeiras). O longa dirigido pelo paraguaio Marcelo Martinessi tem dinheiro brasileiro em coprodução com Paraguai, Alemanha, Uruguai, Noruega e França.

A história acompanha uma mulher de 60 anos que vive de dinheiro herdado, muito embora acredite que a quantia não é suficiente para ela. A história é ambientada em 2012, ano da destituição do presidente Fernando Lugo.

O que chama a atenção na nova lista é um desejo de valorizar obras de diretores pouco conhecidos do grande público.

Da alemã Emily Atef vem "3 Days in Quiberon", que ficcionaliza o que teria sido a última entrevista concedida pela atriz Romy Schneider.

Já os irmãos americanos David e Nathan Zellner apresentam "Damsel", que traz Robert Pattinson no papel de um homem de negócios que vai encontrar sua noiva nas montanhas.

Além dos filmes da competição, a mostra berlinense também anunciou, fora da disputa, o chinês "Monster Hunt 2", de Raman Hui, e os documentários "Gurrumul", de Paul Williams (Austrália) e "Viaje a los Pueblos Fumigados", de Fernando Solanas (Argentina).

No mês passado já haviam sido anunciados outros títulos da competição, como "Don't Worry, He Won't Get Far on Foot", de Gus Van Sant, e "Eva", de Benoît Jacquot.

O Brasil também emplacou três filmes na mostra Panorama, paralela à competição principal. São eles "Aeroporto Central", de Karim Aïnouz, "Ex-Pajé", de Luiz Bolognesi, e "Bixa Travesty", de Claudia Priscilla e Kiko Goifman.

Neste ano, o filme que abre a edição é "Ilha de Cachorros", de Wes Anderson.

Veja a lista completa de filmes na competição do Festival de Berlim

"3 Days in Quiberon", de Emily Atef (Alemanha, Áustria, França)

"Black 47", de Lance Daly (Irlanda, Luxzembrugo)

"Damsel", de David e Nathan Zellner (EUA)

"Eldorado", de Markus Imhoof (Suíça, Alemanha)

"Las Herederas", de Marcelo Martinesse (Paraguai, Alemanha, Uruguai, Noruega, França, Brasil)

"Pig", de Mani Haghighi (Irã)

"La Prière", de Cédric Kahn (França)

"The Real Estate", de Måns Månsson (Suécia/ Reino Unido)

"Touch Me Not", de Adina Pintilie (Romênia, Alemanha, República Tcheca, Bulgária, França)

"Transit", de Christian Petzold (Alemanha, França)

"Don't Worry, He Won't Get Far on Foot", de Gus Van Sant (EUA)

"Dovlatov", de Alexey German Jr. (Rússia, Polônia, Sérvia)

"Eva", de Benoît Jacquot (França)

"Figlia mia, de Laura Bispuri (Itália, Alemanha, Suíça)

"In den Gängen, de Thomas Stuber (Alemanha)

"Mein Bruder heißt Robert und ist ein Idiot", de Philip Gröning (Alemanha)

"Mug", de Małgorzata Szumowska (Polônia)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber