Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Professor universitário do Paraná morre afogado em praia do Uruguai

.

O professor Alexandre Blankl Batista tinha 38 anos: morte precoce - Foto: Unioeste/Divulgação
O professor Alexandre Blankl Batista tinha 38 anos: morte precoce - Foto: Unioeste/Divulgação

O professor Alexandre Blankl Batista, de 38 anos, que estava radicado na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), morreu afogado na praia de Solanas, em Portezuelo, no Uruguai. Ele e o jornalista gaúcho Robson Pandolfi, de 31 anos, haviam desaparecido na tarde de sábado (6), depois de irem à praia.

Parentes de Pandolfi, que passavam férias com ele, com a namorada e amigos na região, chegaram a realizar buscas no sábado à noite, mas sem sucesso. Os corpos dos dois foram encontrados por equipes de resgate no domingo (7) pela manhã.

O campus da Unioeste em Marechal Cândido Rondon, do qual o professor fazia parte desde 2007, decretou luto oficial de três dias. Batista era formado em história pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Traslado
Conforme a assessoria de imprensa da Unioeste, a previsão é que o corpo chegue a Marechal Cândido Rondon na madrugada de terça-feira (9). A esposa, que o acompanhava na viagem, deve retornar ao Brasil ainda nesta segunda. Os horários de velório e sepultamento ainda não foram definidos pelos familiares do professor.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber