Mais lidas
Geral

Mulher é presa após assassinar filha de seis meses a facadas

.

Caso foi registrado na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense - Foto: Salvador Scofano/Polícia Civil
Caso foi registrado na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense - Foto: Salvador Scofano/Polícia Civil

Uma mulher matou a facadas a própria filha, de apenas 6 meses, no fim da tarde desta terça-feira, no bairro Jardim Jasmin, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. De acordo com agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), além da pequena Safira, Lidiane Cruz da Silva esfaqueou a outra filha de 5 anos e sua mãe, que tentava impedí-la. A criança, identificada apenas como Sophia, e Solange Ribeiro, 57 anos, foram encaminhadas ao Hospital da Posse. 

De acordo com a assessoria da unidade de saúde, Solange tem ferimentos na cabeça, abdômen, tórax e braços. Ela está sendo avaliada pela equipe médica e passa por exames. O estado de saúde dela é considerado estável. Sophia tem ferimentos nos braços e passa por cirurgia.

O crime aconteceu na Rua Michel Emanoel, na casa das vítimas, quando a mulher repentinamente pegou uma faca e atacou Solange. A avó das crianças conseguiu fugir e a suspeita passou a desferir golpes nas duas filhas. Dois vizinhos ouviram os pedidos de socorro da vítima e conseguiram desarmar Lidiane. Eles acionaram os Bombeiros e a PM, que a prenderam no local.

Problemas psicológicos
Segundo informações preliminares da DHBF, Lidiane aparenta ter problemas psicológicos. Ela confessou o crime, disse estar arrependida e afirmou que seu marido teria 'entrado em sua mente, mandando que ela matasse suas filhas e se jogasse na frente de um trem'. 

A mulher foi autuada em flagrante por homicídio e tentativa de homicídio. Se condenada, ela pode pegar até 30 anos de cadeia.

As informações são de O Dia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber