Mais lidas
Geral

Megaoperação da PRF apreende 87 veículos roubados

.

A Polícia Rodoviária Federal, com o apoio da Polícia Civil estadual, realizou entre 28 de novembro a 3 de dezembro no Maranhão a Operação HIRCUS III de combate ao roubo, furto e adulteração e outras fraudes relacionadas a veículos que rodavam no estado do Maranhão.

Formado por 100 (cem) policiais rodoviários federais de seis estados, a equipe com equipes operacionais, especialistas em identificação de fraudes veiculares e apoio de inteligência policial. As ações combriram 22 municípios (relação anexa) do estado, concentrando-se especialmente na região centro-norte do Maranhão.

As ações continuarão em alguns municípios no decorrer desta semana. Até o último domingo (3), foram apreendidos 87 veículos com adulteração confirmada. Todos foram  encaminhados à polícia judiciária, sendo 58 recuperados com ocorrência de roubo/furto e 29 com adulteração confirmada, faltando, no entanto, identificar o veículo original e o verdadeiro proprietário.

Durante a Operação os policiais ainda apreenderam ainda duas armas de fogo e conduziram 77 pessoas às delegacias de polícia judiciária, a maioria por receptação de veículo roubado / furtado. Os encaminhados serão ouvidos pela polícia e vão responder a um inquérito porque estavam com o veículo roubado. Oito documentos falsificados de veículos também foram apreendidos. A Polícia Civil deve continuar as investigações e devolver os carros roubados aos verdadeiros donos.

Histórico 
A primeira edição da operação Hircus aconteceu no ano de 2013, no estado do Piauí. A segunda foi realizada entre o sul do Piauí e o norte do estado da Bahia, no ano de 2014. A última grande operação com a temática de enfrentamento às fraudes veiculares realizada pela PRF no  estado do Maranhão - Operação Jamnapari - ocorreu no início do mês de dezembro de 2015 e recuperou um total de 71 veículos com ocorrência de roubo / furto ou com sinais de adulteração.

Levantamento 
As apreensões realizadas nos últimos anos deram ao serviço de inteligência da Polícia Rodoviária Federal o mapa dos estados de origem dos veículos de procedência irregular que tinham o Maranhão como estado de destino, destacando-se Ceará, Bahia, Goiás, São Paulo e Distrito Federal, além dos vizinhos Pará, Piauí e Tocantins, além de possibilitar o mapeamento dos municípios de destino destes veículos dentro do Maranhão.

Entre os veículos mais visados pelas quadrilhas estão os utilitários, tal como caminhonete Toyota Hilux e a picape FIAT Strada. As motocicletas também são alvos preferenciais em razão da facilidade na subtração, destinação e comercialização. Os bandidos vendiam os carros roubados no preço de mercado e até por financiamento bancário.

Os ladrões forjavam documentos, adulteravam a identificação dos veículos e os vendiam a preços de mercado, numa manobra para enganar as vítimas.  Os carros roubados eram vendidos com financiamento bancário e prazos a perder de vista.

A Operação Hircus III foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal, através da Superintendência Regional no Maranhão, da Coordenação Geral de Operações (CGO), do Comando de Operações Especializadas (COE) e o Grupo de Enfrentamento às Fraudes Veiculares (GEFRAV). A Polícia Civil, através do Delegado Geral, preparou as delegacias para receber o grande volume de ocorrências decorrentes da Operação.

Hircus 
O nome da operação diz respeito à uma espécie caprina, muito presente na região nordeste do Brasil que, por sua vez, na linguagem policial, remete ao cabrito, um veículo de procedência ruim, roubado, furtado ou adulterado.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber