Mais lidas
Geral

Túmulo de médium Chico Xavier é alvo de vandalismo em Minas

.

JOÃO PEDRO PITOMBO

SALVADOR, BA (FOLHAPRESS) - O vidro que protege o busto do médium Chico Xavier foi alvo de pedradas na manhã deste sábado (30) em Uberaba (418 km de Belo Horizonte).

O monumento fica no cemitério de Uberaba, ao lado do túmulo onde o médium foi enterrado em 2002. O vidro, que é blindado, ficou trincado com as pedradas.

"Não acredito que foi só vandalismo. De alguma forma, queriam atingi-lo", afirma Eurípedes Higino Reis, filho do médium.

Ele diz acreditar que o monumento pode ter sido alvo de pedradas por intolerância religiosa. "Somente esta semana, atacaram três terreiros de umbanda aqui na cidade. A gente fica preocupado", afirma.

Na manhã desta segunda-feira (2), Higino esteve no cemitério com um serralheiro. Vai instalar grades em torno do vidro que protege o busto para evitar novos casos de vandalismo.

Esta é a segunda vez em pouco mais de dois anos que o busto é atacado. Em junho de 2015, o vidro que protege o túmulo de Chico Xavier apareceu trincado. Na ocasião, grades foram instaladas ao redor do túmulo.

Chico Xavier foi um dos líderes religiosos mais importantes do Brasil e um dos principais responsáveis pela divulgação da doutrina espírita no país. Ele psicografou cerca de 450 livros que venderam mais de 50 milhões de unidades

O túmulo do médium é um dos principais pontos turísticos de Uberaba e recebe cerca de 2.500 visitantes toda semana.

O cemitério não possui câmeras de segurança. A família do médium optou por não prestar queixa à polícia e não há suspeitos do ato de vandalismo.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber