Mais lidas
Geral

ATUALIZADA - 'Esperávamos resultado melhor', diz Merkel após pesquisa apontar vitória

.

CAROLINA VILA-NOVA, ENVIADA ESPECIAL

BERLIM, ALEMANHA (FOLHAPRESS) - A chanceler alemã, Angela Merkel, se mostrou satisfeita com o resultado de seu partido, a CDU (União Cristã Democrata), nas eleições deste domingo (24).

"Naturalmente, esperávamos um resultado melhor", afirmou Merkel na festa da vitória na sede do partido, em Berlim. "Mas temos a tarefa de formar um governo e contra nós nenhum governo pode ser formado."

Segundo projeções calculadas pelo Forschungsgruppe Wahle para a TV ZDF, a CDU obteve 33,2% dos votos, cerca de oito pontos a menos do que havia obtido nas eleições de 2013.

Ao contrário de Merkel, o líder do partido, Horst Seehofer, não estava muito feliz. "Não há nada bonito para falar. O resultado é uma decepção amarga para nós", disse.

Seu rival, o SPD (Partido Social-Democrata) de Martin Schulz, registrou 20,8%, percentual que, se confirmado, será seu pior resultado na história (desde 1949). Ambos governam atualmente em coalizão.

Em um debate eleitoral televisionado, com os principais representantes dos partidos, na noite de domingo, Merkel se disse confiante de que uma nova coalizão estará no poder até o final do ano.

"Eu de modo geral sou bastante confiante. E também há muitos anos vivo sob o seguinte o lema: 'No silêncio está a força'", disse a chanceler na mesa-redonda.

No evento, ela também rebateu críticas do representante do partido populista de direita AfD (Alternativa para a Alemanha), Jorg Meuthen, que afirmou que "hoje nas ruas quase não se vê mais alemães".

"Eu não consigo distinguir nas ruas quem tem um passaporte alemão e quem não tem", afirmou Merkel.

A AfD se tornou após as eleições a terceira maior força no Parlamento alemão. O partido tem uma plataforma anti-imigração, antieuropeia e islamofóbica.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber