Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Rússia promete "dura resposta" a ordem de fechamento de consulado

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro de relações exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, declarou que o país responderá duramente à ordem americana de fechamento do consulado russo em San Francisco.

Em anúncio na quinta-feira (31), o Departamento de Estado americano exigiu também o fechamento de dois escritórios de apoio, um na capital Washington e outro em Nova York.

Moscou tem até o próximo sábado (2) para cumprir as exigências.

Lavrov afirmou que "a troca de sanções olho por olho não foi iniciada pela Rússia" para uma plateia de estudantes da principal escola de diplomacia do país.

Segundo o ministro, a deterioração das relações bilaterais entre Rússia e Estados Unidos foi causada pela iniciativa do governo do ex-presidente Barack Obama de tentar impedir que Donald Trump pudesse cumprir suas promessas de campanha, que incluíam uma aproximação com o Kremlin.

Em dezembro de 2016, o então presidente Obama expulsou 35 diplomatas russos após suposta interferência russa nas eleições americanas que teriam prejudicado Hillary Clinton, a adversária democrata de Trump.

Neste ano, o Congresso americano aprovou sanções contra a Rússia citando como justificativas a atividade militar russa no leste da Ucrânia e a anexação da Crimeia em 2014, além da alegada interferência.

Entre as medidas aprovadas, está uma limitação à capacidade do Executivo de decidir sobre a aplicação de sanções, limitando assim a atuação do presidente Trump.

O pacote de sanções foi criticado por Lavrov nesta sexta (1º). Para ele, trata-se de uma tentativa de "atar as mãos de Trump e não deixá-lo usar seus poderes constitucionais de forma plena na condução das relações internacionais".

Em retaliação às sanções, o governo russo ordenou que os Estados Unidos reduzissem sua equipe diplomática para 455 pessoas, o que representou um corte de quase metade dos funcionários.

O Departamento de Estado informou que a decisão de fechar o consulado em San Francisco e os escritórios de apoio foi adotada "no espírito de paridade" com a redução de pessoal exigida pela Rússia. Por esse motivo, Moscou deveria se abster de qualquer medida retaliatória, afirmaram autoridades americanas.

Após o cumprimento da ordem pela Rússia, cada país terá três consulados no território do outro e praticamente o mesmo número de funcionários.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber