Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

China diz que crise na Venezuela não afetará investimentos no país

.

GUSTAVO URIBE, ENVIADO ESPECIAL

PEQUIM, CHINA (FOLHAPRESS) - O governo da China informou nesta sexta-feira (1º) que a crise política na Venezuela não vai interferir nos investimentos chineses no país latino-americano.

O vice-diretor-geral de América Latina da China, Zhang Run, chamou o quadro de instabilidade de um "cenário temporário" e disse que ele não vai interromper a relação comercial entre os dois países.

"A China continuará a estimular empresas nacionais a investirem na Venezuela e no Brasil. O cenário temporário não afeta a complementariedade entre ambos", disse.

A China é um dos principais investidores externos na Venezuela. Os recursos investidos, principalmente em prospecção e extração de petróleo, chegam a cerca de US$ 50 bilhões.

A Venezuela, contudo, ameaça dar um calote no país asiático. Hoje, ela tem US$ 9,7 bilhões em reservas, sendo que apenas US$ 1 bilhão é em dinheiro.

Em entrevista à imprensa, o responsável por América Latina disse ainda que o Brasil se tornou um dos destinos prioritários dos investimentos chineses e que a relação entre os dois países se tornou uma das "mais prósperas" da economia atual.

O presidente Michel Temer realizou nesta sexta-feira (1º) visita oficial ao presidente da China, Xi Jinping.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber