Mais lidas
Geral

Estudante de psicologia é morta estrangulada em SP; namorado é preso

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma estudante de psicologia de 32 anos foi morta, na madrugada deste domingo (27), após uma discussão com o namorado, em Angatuba (a 214 km de São Paulo). O próprio suspeito procurou a polícia e confessou o crime.

Segundo a Polícia Militar, Marcelo Oliveira Arantes, 36, acionou a corporação, por volta das 5h20, e informou que havia brigado com a companheira, Gláucia Mercedes de Camargo Machado, e não sabia se ela estava bem. Ele estava nervoso e chorava, informou a corporação.

A polícia foi então para a casa em que os dois moravam, no Jardim do Paço, e encontrou Gláucia deitada na cama, de bruços, sob um cobertor. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e constatou que ela já estava morta. A causa da morte foi apontava como asfixia.

Arantes foi preso e encaminhado para a delegacia da cidade, onde foi autuado por homicídio e violência doméstica. A polícia não informou se ele já possui advogado.

Gláucia, que era conhecida na cidade por ser rainha de bateria de uma escola de samba local, foi enterrada neste domingo (27).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber