Mais lidas
Geral

ARTE - A travessia por lanchas na região do naufrágio na BA

.

COMO FUNCIONA A TRAVESSIA POR LANCHAS NA REGIÃO?

O percurso entre Vera Cruz e Salvador é feito diariamente por duas empresas (CL Transportes e Vera Cruz), que dispõem de oito barcos e têm a concessão da linha. A tarifa custa R$ 7 de segunda a sábado e R$ 8 aos domingos e feriados

QUEM É RESPONSÁVEL POR ESSA CONCESSÃO?

A Agerba, agência estadual que regula o transporte hidroviário da Bahia. Ela acompanha a documentação de segurança (emitida pela Marinha) para permitir o funcionamento das linhas, fiscaliza horários das embarcações, entre outras funções

A EMBARCAÇÃO ESTAVA COM DOCUMENTAÇÃO EM DIA?

A agência diz que a embarcação, de propriedade da CL Transportes, estava com vistoria e documentação em dia e tinha botes e coletes salva-vidas

QUAL O LIMITE PARA SE INTERROMPER AS TRAVESSIAS?

O serviço pode ser suspenso em caso de más condições climáticas, como ventos fortes, chuvas ou maré baixa. A suspensão é determinada pela Marinha

COMO FUNCIONA A ESTRUTURA HIDROVIÁRIA INTERMUNICIPAL DE SALVADOR?

A capital tem dois terminais que operam linhas intermunicipais hidroviárias (existem outros, de responsabilidade do município): o terminal marítimo, com travessia por lanchas –onde o barco que naufragou aportaria–, e o terminal de São Joaquim, de ferry-boat.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber