Mais lidas
Geral

Ataque de supremacista branco foi 'terrorismo doméstico', diz Sessions

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O secretário de Justiça dos EUA, Jeff Sessions, afirmou nesta segunda-feira (14), durante o programa "Good Morning America", da rede ABC que a morte de uma mulher durante os confrontos em Charlottesville, Virgínia, "atende à definição de terrorismo em nossa lei".

Sessions afirmou que o Departamento de Justiça está acompanhando o caso "em todas os sentidos".

Ele acrescentou: "Você pode ter certeza de que vamos avançar a investigação para as acusações mais graves que possam ser feitas, porque este é um ataque sem dúvida inaceitável e maligno que não tem lugar na América".

Sessions também disse que ele irá se encontrar com o presidente Donald Trump e funcionários do FBI nesta segunda (14) para discutir a violência recente em Charlottesville, Virgínia.

A pequena cidade universitária de 47 mil habitantes foi palco, no sábado (12), do maior protestos de supremacistas brancos nas últimas décadas dos EUA. Houve confrontos com grupos antirracistas.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber