Mais lidas
Geral

Frida Kahlo vira David Bowie e Maria Bonita em exposição gratuita

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A estação Clínicas do Metrô de São Paulo recebe a partir desta quinta-feira (10) a exposição "ArteSóFrida", em homenagem à artista mexicana Frida Kahlo.

Em 17 imagens, a artista gráfica Juliana Juaquina, 36, insere a figura de Kahlo em releituras de obras clássicas e de ícones da cultura pop.

Kahlo aparece no lugar do Abaporu na obra "Antropofagia", de Tarsila do Amaral, e na releitura do quadro "O Grito", de Eduardo Much.

A mexicana ainda se transforma na heroína "SuperFrida", e em "Maria Frida Bonita", representando a primeira cangaceira nordestina e companheira de Lampião. "Gosto da ideia de brincar com o trabalho dela, que em sua maioria foi baseado em auto retratos", diz Juaquina.

"O projeto surgiu não só da minha admiração pelo trabalho de Frida como também pela notoriedade que ela tem", diz a artista, que cria as ilustrações digitalmente.

Após 110 anos do seu nascimento, Frida Kahlo ainda é um símbolo pop no mundo todo. Em 2015, a pintora surrealista ganhou exposição própria no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, com obras originais e acervo de seus vestidos. O público chegou a 600 mil visitantes e a mostra foi levada ao Rio de Janeiro.

ARTESÓFRIDA

QUANDO de 10 a 31 de agosto

ONDE estação Clínicas do Metrô - Av. Dr. Arnaldo, 555 - Pacaembu, São Paulo.

QUANTO grátis

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber