Mais lidas
Geral

ATUALIZADA - Homem suspeito de sequestrar modelo britânica é preso na Itália, diz polícia

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A polícia italiana informou no fim de semana ter prendido um homem de 30 anos suspeito de sequestrar uma modelo britânica em Milão, ameaçando leiloá-la na internet se um resgate de US$ 300 mil não fosse pago.

Em um comunicado, a polícia informou que Chloe Ayling, 20, havia chegado a Milão em 10 de julho para uma suposta sessão de fotos marcada por seu agente.

No entanto, quando chegou ao estúdio no dia seguinte, ela foi agredida e drogada, sendo levada a um carro e depois a uma pequena vila perto de Turim, onde foi mantida prisioneira de Lukasz Pawel Herba, um residente de Londres nascido na Polônia, segundo a polícia.

"Uma pessoa que usava luvas pretas surgiu por trás e colocou uma mão no meu pescoço e a outra na minha boca, enquanto uma segunda pessoa, usando uma balaclava preta, injetou algo no meu braço direito", disse ela em um comunicado à polícia, que foi publicado pelo jornal italiano "Corriere della Sera".

"Eu acho que perdi a consciência. Quando acordei, eu estava usando um macacão cor-de-rosa e as meias com que estou agora. Eu percebi que estava no porta-malas de um carro, com meus pulsos e tornozelos amarrados e minha boca tapada. Eu estava dentro de um saco, com apenas um pequeno buraco que me permitia respirar."

"Tive uma experiência terrível. Temi pela minha vida minuto após minuto. Sou infinitamente grata à polícia italiana e à britânica por terem me salvado. Trabalharam dia e noite para me encontrar", afirmou a modelo ao canal italiano "TG1".

A modelo relatou que foi libertada quando o sequestrador descobriu que ela tinha um filho de dois anos.

Segundo Ayling, era contra as regras de Herba sequestrar mães. Após libertá-la, ele a acompanhou até o consulado britânico em Milão.

Aos policiais italianos, a modelo contou que Herba disse ser do grupo "Black Death Group", que trafica mulheres pela chamada "dark web". Ele afirmou que envia três modelos por semana para compradores, tendo arrecadado já US$ 15 milhões.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber