Mais lidas
Geral

Homem acusado de sequestrar modelo britânica é preso na Itália

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A polícia italiana afirmou no fim de semana ter prendido um homem de 30 anos suspeito de sequestrar uma modelo britânica em Milão, ameaçando leiloá-la na internet se um resgate de US$ 300 mil dólares não fosse pago.

Em um comunicado, a polícia informou que Chloe Ayling, de 20 anos, havia chegado a Milão em 10 de julho para uma suposta sessão de fotos marcada por seu agente.

MODELO

No entanto, quando chegou ao estúdio no dia seguinte, ela foi agredida e drogada, sendo levada a um carro e depois a uma pequena vila perto de Turim, onde foi mantida prisioneira de Lukasz Pawel Herba, um residente de Londres nascido na Polônia, segundo a Polícia.

"Uma pessoa que usava luvas pretas surgiu por trás e colocou uma mão no meu pescoço e a outra na minha boca, enquanto uma segunda pessoa, usando um balaclava preta, injetou algo no meu braço direito", disse ela em um comunicado à polícia, que foi publicado pelo jornal italiano Corriere della Sera.

"Eu acho que perdi a consciência. Quando acordei, eu estava usando um macacão cor-de-rosa e as meias com que estou agora.

"Eu percebi que estava no porta-malas de um carro, com meus pulsos e tornozelos amarrados e minha boca tapada. Eu estava dentro de um saco, com apenas um pequeno buraco que me permitia respirar".

Herba a libertou em 17 de julho e a acompanhou até o consulado britânico em Milão.

Durante o cativeiro, Herba pediu um resgate de US$ 300 mil ao agente da modelo, para não vendê-la online. Embora ela tenha sido libertada, nenhum resgate foi pago, disse a polícia.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber