Mais lidas
Geral

Carro da polícia é atacado em tentativa de assalto na Linha Vermelha, no Rio

.

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Um carro da Polícia Civil foi atacado por bandidos, neste domingo (6), durante uma tentativa de assalto na Linha Vermelha, zona norte no Rio. Um policial que estava no veículo foi atingido de raspão na cabeça.

O ataque aconteceu um dia depois de uma megaoperação realizada por tropas federais em favelas da capital fluminense. A ação terminou com dois suspeitos mortos, além de um policial que não resistiu a uma batida de trânsito quando escoltava presos da operação.

No ataque deste domingo, o carro da Polícia Civil estava na via no momento em que criminosos tentavam assaltar motoristas, informou a corporação. Ao atirarem contra os policiais, eles atingiram um agente, que foi levado ao Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e já foi liberado.

Um dos tiros atingiu chegou a provocar um princípio de incêndio no veículo.

A operação de sábado (5) inaugurou a segunda etapa do plano de segurança do governo federal para o Rio, que deve consumir quase R$ 2 bilhões até o fim de 2018 -R$ 700 milhões serão empenhados até o final deste ano.

A ação mobilizou cerca de 5.000 profissionais das forças de segurança com o objetivo de combater o roubo de cargas e o tráfico de drogas na cidade.

Foram apreendidas três pistolas, duas granadas, quatro rádios, 21 carros e uma motocicleta e entorpecentes. Nenhum fuzil foi capturado.

Em crise, o Rio vive colapso da segurança pública. O número de mortes violentas no primeiro semestre deste ano (3.457) cresceu 15% em relação ao mesmo período de 2016. Foi o pior primeiro semestre desde 2009 (3.893).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber