Mais lidas
Geral

Litoral paulista tem ressaca e balsas paradas com passagem de frente fria

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A passagem de uma frente fria provocou ressaca do mar no litoral de São Paulo nesta sexta-feira (4). Com isso, o mar invadiu a avenida da praia em Santos e a travessia de balsas foi suspensa entre São Sebastião e Ilhabela.

O tempo começou a mudar ainda na quinta-feira (3) em todo o Estado, mas as chuvas e rajadas de vento se intensificaram nesta sexta em vários pontos da faixa leste paulista.

No litoral norte, a operação de balsas entre São Sebastião e Ilhabela foi suspensa às 6h20 e ainda não tinha sido retomada 13 horas depois. Segundo a Dersa, responsável pelo transporte, os ventos chegaram aos 70 km/h na manhã e, apesar da redução, às 19h30, continuava acima dos 48 km/h, limite de segurança estabelecido pela Marinha.

Sem opção de seguir viagem, muitos motoristas aguardavam desde o início do dia para embarcar. A Dersa, no entanto, afirmou não saber a extensão da fila que persistia no local.

Já no litoral sul, o NPH (Núcleo de Pesquisas Hidrodinâmicas), da Unisanta, chegou a registrar ondas de até 3,4 metros durante a tarde e a prefeitura precisou fechar parte da avenida da praia por conta da invasão das águas do mar. O bloqueio total da avenida Bartolomeu Gusmão afetou os dois sentidos, por cerca de seis horas, até por volta das 16h.

A ressaca é provocada por dois fatores: ondas intensas e nível do mar elevado, explica do professor Renan Braga Ribeiro, do NPH. Segundo ele, a frente fria que passa pela região provocou tanto os ventos intensos, que levaram à agitação marítima, quando o aumento da água na costa, levando ao ápice da ressaca na tarde desta sexta.

Ele ressalta ainda que ondas como as registradas nesta sexta não são comuns na Baía de Santos, que é uma região mais abrigada.

No sábado (5), o mar continuará mais agitado que o normal, mas com ondas menores, podendo atingir até 2 metros de altura. Durante a tarde, ela começará a diminuir gradativamente, até domingo (6).

SÃO PAULO

Na capital paulista, a frente fria interrompeu, na quinta, uma sequência de 51 dias sem chuva. Já nesta sexta, foi a vez das temperaturas caírem. No início da noite, os termômetros marcavam 12°C, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergência), da prefeitura, embora a sensação térmica chegasse a 9°C.

No sábado (5), ainda poderão ocorrer chuvas fracas, e as temperaturas continuarão entre os 12°C e os 17°C. No domingo (6), no entanto, o tempo deve voltar a ficar mais quentes e úmido.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber