Mais lidas
Geral

Operário morre ao instalar elevador em obra de prédio de luxo em Salvador

.

JOÃO PEDRO PITOMBO

SALVADOR, BA (FOLHAPRESS) - Um operário morreu nesta segunda-feira (24) na obra do edifício de luxo Mansão Wildberger, em Salvador.

O metalúrgico Ronaldo de Araújo Cerqueira, 31, foi esmagado por uma ferramenta enquanto instalava um dos elevadores do edifício, que ainda está em construção. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Cerqueira era funcionário da JJS Elevadores, terceirizada da thyssenkrupp Elevadores, que prestava serviços à construção. O edifício pertence às incorporadoras João Fortes Engenharia e MRM Construtora.

Erguido no início do Corredor da Vitória, com vista para a Baía de Todos-os-Santos, o prédio é um dos empreendimentos imobiliários mais caro da capital baiana. Os apartamentos, com até 993 metros quadrados privativos, chegam a R$ 7 milhões.

Entre os futuros moradores estão cantor Bell Marques, o ex-executivo da Odebrecht Hilberto Silva e o publicitário João Santana.

O acidente será investigado pelo Ministério Público do Trabalho, que designou um promotor para acompanhar a apuração das causas da morte do operário.

OUTRO LADO

Em nota, a MRM Construtora e a João Fortes Engenharia informaram que "estão solidárias aos familiares da vítima" e que "estão disposição das autoridades para fornecer informações sobre o acidente".

As empresas ainda informaram que todos os funcionários da obra são treinados e usam equipamento de proteção individual, assim como o operário que foi vitimado com o acidente.

A thyssenkrupp informou que lamenta o acidente e aguarda a conclusão do laudo da perícia técnica sobre as causas do mesmo.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber