Mais lidas
Geral

Governo turco pede ao Parlamento extensão do estado de emergência

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governo turco enviou ao Parlamento nesta segunda (17) um pedido para renovar o estado de emergência por mais três meses, quase um ano depois de ter sido imposto na sequência do golpe militar fracassado de julho passado.

A expectativa é que o pedido seja aprovado pelo Legislativo, onde o partido AK do presidente Tayyip Erdogan tem uma confortável maioria. Ele ocorre logo após as cerimônias do fim de semana para marcar o aniversário do golpe abortado no qual cerca de 250 pessoas foram mortas.

Desde que o estado de emergência foi imposto, em 20 de julho do ano passado, mais de 50 mil pessoas foram presas e 150 mil pessoas foram suspensas numa onda repressiva que, segundo críticos de Erdogan, empurra a Turquia para o autoritarismo

O governo também se voltou contra a imprensa, encerrando 149 veículos de comunicação e prendendo 269 jornalistas.

Na última sexta, mais de 7.000 policiais, soldados e empregados de ministérios foram demitidos pelo governo turco.

Em nota, o gabinete do primeiro-ministro Binali Yildirim disse ter solicitado que o parlamento renove o estado de emergência por três meses a partir de quarta-feira.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber