Mais lidas
Geral

Tempo continua seco em São Paulo após quase um mês de chuva mínima

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A faixa de poluição no céu e a garganta irritada não deixam dúvida de que o tempo mais seco, típico do inverno, chegou à região metropolitana de São Paulo. A capital paulista completa, nesta sexta-feira (14), um mês sem chuva significativa.

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a cidade teve apenas dois dias de chuva desde 14 de junho, sendo que nenhum deles chegou a acumular mais do que 1 milímetro de precipitação. A previsão aponta ainda que esse tempo mais seco deve continuar a predominar pelo menos até o final de semana.

Apesar disso, o instituto destaca que a umidade baixa do ar não chegou a registrar níveis críticos. Nesta quarta (12), por exemplo, o índice chegou a 56%. Níveis inferiores a 30% caracterizam estado de atenção e entre 20% a 12%, estado de alerta. Já índices inferiores a 12% são tidos como estado de emergência sanitária.

A umidade do ar deve aumentar apenas na próxima segunda-feira (17), com a chegada de uma frente fria. As temperaturas, no entanto, não devem ter alteração. As noites e inícios de manhã continuarão a marcar temperaturas entre 10°C e 13°C. Já à tarde, os termômetros registrarão entre 22°C e 26°C.

No Estado, podem ocorrer temperaturas menos amenas no final desta semana e início da próxima. Em um lado, haverá Campos do Jordão, que terá os termômetros marcando entre 5°C e 20°C, e do outro São José do Rio Preto, com máximas podendo chegar perto dos 30°C -as mínimas variarão de 12°C a 16°C.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber