Mais lidas
Geral

Troca de tiros na favela do Moinho deixa um baleado e para trens em SP

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma troca de tiros entre policiais militares da Rotas e um grupo de criminosos deixou um dos suspeitos baleado e fechou a circulação de trens num trecho da linha 8 (diamante), da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), na manhã desta terça-feira (27).

Segundo a PM, a ocorrência aconteceu por volta das 10h30, no cruzamento da Alameda Cleveland com a rua Silva Pinto, na altura do número 10, endereço da Favela do Moinho, no centro da capital paulista.

Homens do GOE (Grupo de Operações Especiais) permaneciam posicionados no viaduto Rudge, no final da manhã desta terça (27). O helicóptero da PM também sobrevoava a região.

Após a troca de tiros, moradores da favela fizeram uma manifestação. Eles pularam um muro e invadiram o terreno por onde passa os trens da CPTM.

Por medida de segurança, a companhia interrompeu a circulação das composições entre as estações Júlio Prestes e Barra Funda porque os manifestantes estavam sobre os trilhos. O bloqueio ocorreu por volta das 11h30 desta terça (27).

A CPTM, por meio de assessoria de imprensa, disse que a circulação dos trens já estava em processo de normalização a partir das 12h.

O suspeito baleado, que não teve a identidade revelada, foi socorrido e encaminhado para a Santa Casa de Misericórdia, no centro. A motivação da troca de tiros ainda é apurada pela polícia.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber