Mais lidas
Geral

ATUALIZADA - Governo desmente queda de avião que combatia incêndio em Portugal

.

GIULIANA MIRANDA

LISBOA, PORTUGAL (FOLHAPRESS) - A Proteção Civil de Portugal contradisse nesta terça-feira (20) informações de equipes locais de resgate e negou que tenha havido a queda de uma aeronave que trabalhava no combate ao incêndio florestal na região central de Portugal.

Mais cedo, jornais e televisões de Portugal, assim como diversas agências de notícias, haviam divulgado que um avião Canadair que participava das operações havia caído próximo ao vilarejo de Pedrógão Grande.

A informação foi confirmada por pessoas no posto de comando de Avelar e passou quase duas horas sem ser desmentida pelo alto escalão.

O chefe da Proteção Civil, Vítor Vaz Pinto, no entanto, admitiu que deslocou equipes de emergência para a região. Ele disse ter feito isso como uma forma de prevenção.

Questionado sobre a demora no desmentido e na divulgação oficial, o chefe da Proteção Civil disse não saber explicar o que aconteceu.

INCÊNDIO

Bombeiros seguem trabalhando nesta terça-feira para combater o incêndio florestal que castiga o centro de Portugal desde sábado.

Durante a madrugada, as chamas saíram do controle e avançaram em direção ao município de Góis. Até agora, 40 aldeias da região foram esvaziadas preventivamente.

O incêndio já tem 64 mortos confirmados, além de um balanço de 157 feridos.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber