Mais lidas
Geral

Belga é acusado de liderar ataques terroristas de Paris em 2015

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Promotores belgas acusaram um suspeito de participação nos ataques terroristas de Paris em 2015 de ser o líder da célula extremista que matou 130 pessoas na capital francesa.

O cidadão belga de 30 anos, Yassine Atar, foi acusado de "assassinatos terroristas" e de ser "um líder nas atividades de um grupo terrorista".

Atar foi preso em 27 de março de 2016, cinco dias após os ataques suicidas no aeroporto de Bruxelas, na Bélgica, que mataram 32 pessoas.

O acusado é irmão de Oussama Atar, que os investigadores suspeitam que coordenou a partir da Síria os ataques nas capitais francesa e belga.

A milícia radical do Estado islâmico reivindicou a responsabilidade pelos ataques de 13 de novembro de 2015 em Paris, que atingiram um concerto de rock, o estádio nacional de futebol e cafés movimentados. Centenas de pessoas também ficaram feridas.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber