Mais lidas
Geral

Chiquinha de 'Chaves' fala sobre briga judicial e criação da personagem

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Maria Antonieta de Las Nieves, 66, a Chiquinha do "Chaves" foi entrevistada por Gugu Liberato; a conversa foi ao ar na noite desta quarta (2), no "programa do Gugu" (Record), e teve grandes revelações.

Sobre os mais de 20 anos em que gravou "Chaves", entre os anos 70 e 90, a atriz foi taxativa: "não vou te falar que éramos grandes amigos, mas trabalhávamos muito bem".

Ela comentou as diversas brigas judiciais com Roberto Gómez Bolaños, o que interpretava o Chaves e era criador do programa. Segundo Maria Antonieta, ele a impediu de seguir interpretando Chiquinha quando decidiu encerrar a série.

O fim, diz ela, foi de repente. "Vai acabar porque eu quero. O dono do programa sou eu", Bolaños teria alegado. Segundo a atriz, ele, que estava 64 anos, não se sentia com idade para seguir dando vida ao personagem. O ator morreu em 2014, aos 85.

Após o fim de "Chaves", Maria Antonieta criou uma série protagonizada por Chiquinha, "Aquí está la Chilindrina". Bolaños topou produzir, mas o programa ficou na gaveta. Maria Antonieta diz que descobriu que era o próprio produtor quem boicotava sua estreia. "Ele topou fazer para não deixar ser exibido".

Foram 12 anos de brigas judiciais pelos direitos da personagem -que já estavam com Maria Antonieta por conta de um descuido de Bolaños na renovação de documentos. "Tive que pagar os melhores advogados do México, Quando fui intimada me senti mal e fui internada com um pré infarto".

Ela ganhou o processo. "Eu fiz essa caracterização, foi de mim que veio a ideia, minha mãe fez o vestido, eu coloquei os óculos, as pintinhas, criei os gestos. O Roberto colocou o nome, nada mais." Maria contou que enfaixava os seios para parecer uma criança, "era algo muito delicado".

Sobre o motivo das desavenças, Maria Antonieta não é nada direta. "Quando uma pessoa quer ser algo ou alguém, e não pode da maneira correta, ela trata de atacar quem faz o bem", diz, e dá a entender que pode ter despertado a inveja de Florinda Meza, que interpretava dona Florinda e a menina Pops no seriado.

Maria alega que Bolaños costumava mudar de atitude após consultar Florinda, com quem era casado. Quando Gugu perguntou o que Maria pensava da ex-colega de trabalho, ela apenas disse "nada".

Sobre o que diria para Bolaños, Maria declarou seu amor; "Sempre te amei e sempre vou te amar. Rezo por você todas as noites. Logo estarei aí, mas não tenho pressa", brincou.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber