Mais lidas
Geral

Erro de digitação de Trump causa furor em rede social

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A capacidade de Donald Trump de causar furor com mensagens nas redes sociais não é novidade. Desta vez, o líder americano deixou os usuários do Twitter quebrando a cabeça para tentar descobrir o significado de "covfefe".

No início da madrugada desta quarta-feira (31), Trump escreveu: "Apesar da constante 'covfefe' midiática negativa". Provavelmente, trata-se de um erro de digitação para a palavra "cobertura", em uma mensagem que foi publicada pela metade.

O tuíte viralizou imediatamente e rapidamente entrou nos "trending topics", assuntos mais comentados da rede social, com usuários fazendo piadas e tentando atribuir significados à expressão. No dicionário on-line Urban Dictionary, foram incluídas dezenas de entradas para "covfefe".

Ao voltar para a rede social pela manhã, o republicano apagou o tuíte original e publicou: "Quem consegue descobrir o significado verdadeiro de 'covfefe'??? Divirtam-se!"

CAÇA ÀS BRUXAS

Depois, Trump voltou para a sua rotina no Twitter e atacou democratas pela investigação sobre o suposto conluio entre os assessores da campanha republicana à Casa Branca e autoridades da Rússia nas eleições de 2016, classificando o inquérito de "caça às bruxas".

"Agora se noticia que os democratas, que machucaram [o ex-assessor de Trump] Carter Page sobre a Rússia, não querem que ele deponha [ao Congresso]. Ele afasta o inquérito contra ele agora quer limpar seu nome demonstrando o 'depoimento falso do [ex-diretor do FBI] James Comey, do [ex-diretor da CIA] John Brennan...' Caça às Bruxas!", disse.

As investigações do Congresso e do FBI (polícia federal americana) sobre os indícios de que auxiliares de Trump mantiveram contato com o governo russo geraram sucessivos escândalos para a administração republicana e derrubaram integrantes do gabinete. Na segunda (30), o chefe de comunicação, Mike Dubke, pediu demissão após vazamentos sobre o caso.

A Rússia é acusada de interferir nas eleições americanas por meio de ciberataques contra alvos do Partido Democrata. O país nega as acusações.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber