Mais lidas
Geral

Casal e dois filhos morrem soterrados após chuvas na periferia de Maceió

.

JOÃO PEDRO PITOMBO

SALVADOR, BA (FOLHAPRESS) - Um jovem casal e seus dois filhos, um menino de três anos e uma menina de sete meses, morreram após um deslizamento de terra causado pelas chuvas que atingem o litoral de Pernambuco e Alagoas desde a última semana.

O Corpo de Bombeiros de Alagoas encontrou na manhã desta terça-feira (30) os corpos de Lilian Cherliane, 22, e da sua filha Melissa, de sete meses, sob escombros de um deslizamento de terra na Grota de Santo Amaro, periferia de Maceió.

Na segunda-feira (30), já haviam sido encontrados os corpos José Romário Alves, 23, marido de Lilian, e João Romário, de três anos, também filho do casal.

Uma quinta pessoa da família identificada como José Ailton, 52, continua desaparecida. Os bombeiros continuam as buscas na região.

Com a localização dos corpos de Lilian e Melissa nesta terça, chega a dez o número de mortos com as chuvas que atingiram o Nordeste, sendo sete em Alagoas e três em Pernambuco.

Também morreram em Alagoas Marli Santana de Oliveira, 48, Benedito Valdevino da Silva, 56 e Marlene Silva de Siqueira, 61, todos em bairros da periferia de Maceió.

Em Pernambuco, três pessoas morreram. Na cidade Lagoa dos Gatos, agreste pernambucano, um casal morreu após o desabamento de uma barreira de contenção que caiu sobre a casa onde moravam.

Um terceiro corpo foi encontrado nas margens do rio Ipojuca nesta terça-feira, em Caruaru. Uma mulher segue desaparecida na mesma cidade.

ESTRAGOS

As fortes chuvas que atingiram parte do litoral nordestino resultaram em sete mortos, seis desaparecidos e 54 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas em Pernambuco e Alagoas.

O temporal atingiu as regiões da zona da mata e agreste de Pernambuco, norte de Alagoas e a região metropolitana de Maceió, causando alagamentos e deslizamentos de terra.

Cidades ficaram parcialmente submersas, rodovias foram interditadas, escolas estão sem funcionar e até hospitais foram atingidos por alagamentos.

A Defesa Civil de Pernambuco contabilizou 45 mil pessoas desabrigadas (abrigadas em prédios públicos) ou desalojadas (na casa de amigos ou parentes).

Duas pessoas morreram soterradas na cidade Lagoa dos Gatos, agreste pernambucano, e outras duas estão desaparecidas em Caruaru.

No Estado de Alagoas, quatro pessoas morreram após um deslizamento de terra em Maceió e três mil famílias -cerca de 9.000 pessoas, segundo a Defesa Civil- estão desabrigadas ou desalojadas em 18 cidades.

CHUVAS NO SUL

Além do Nordeste, as chuvas dos último dias também causaram transtornos em parte do Rio Grande do Sul.

Segundo boletim da Defesa Civil Estadual as chuvas causaram danos em 56 municípios, com 1.889 pessoas desalojadas (em casas de parentes ou amigos) e 495 pessoas desabrigadas (em abrigos públicos).

Seis cidades decretaram estado de emergência. Os municípios de São Sebastião do Caí, no vale do Caí, Estrela e Lajeado, no vale do Taquari, estão entre os mais atingidos.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber